São Paulo só pedirá Lucas à CBF caso Inter ou Santos tenham sucesso

Convocado pela Seleção Brasileira para amistosos contra África do Sul e China, Lucas desfalcará o São Paulo em dois jogos. O clube só agirá pela liberação do meia-atacante junto àConfederação Brasileira de Futebol (CBF) caso outros times que já demonstraram interesse no assunto tenham sucesso.

O Internacional, do atacante Leandro Damião, e o Santos, do volante Arouca e do meia-atacante Neymar, também serão prejudicados em duas rodadas do Campeonato Brasileiro. A equipe gaúcha já procurou a CBF, enquanto o clube paulista estuda o caso.

“A princípio, trabalhamos com a ideia do Lucas fora dos dois jogos, mas estamos atentos. Se algum jogar for liberado, se algum clube for favorecido, também vamos pedir. Estamos respeitando a convocação”, justificou o técnico Ney Franco.

O respeito à convocação é, também, por já ter vivido o outro lado. Antes de assumir o São Paulo, Ney Franco dirigia equipes inferiores do selecionado nacional e era, portanto, funcionário da CBF, entidade na qual se tornou próximo de Mano Menezes, atual comandante da Seleção Brasileira principal e responsável por chamar Lucas.

O laço entre o clube e a confederação voltou a se estreitar assim que José Maria Marin se tornou presidente da entidade. O dirigente é torcedor assumido e conselheiro do São Paulo.

Caso nenhum jogador convocado seja liberado, Lucas será baixa justamente diante de Internacional (em 5 de setembro, no Morumbi) e Santos (9 de setembro, na Vila Belmiro), pois terá que se apresentar a Mano Menezes na segunda-feira que vem. Os amistosos contra África do Sul, no Morumbi, e China, no Arruda, estão marcados para os dias 7 e 10 respectivamente.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*