São Paulo se interessa por Wellington Nem, mas acordo não é simples

O São Paulo tem interesse em Wellington Nem, do Shakhtar Donetsk, da Ucrânia. O nome do meia-atacante agrada, mas a situação para um acordo não é simples. O Tricolor fez as primeiras consultas de olho no jogador canhoto de 24 anos. Revelado no Fluminense, ele tem contrato até junho de 2018. Negociações com os ucranianos costumam ser lentas e complexas, segundo pessoas que trataram acordos com o Shakhtar.

Justamente por isso, o próprio Wellington Nem prefere não criar expectativa por uma eventual transferência. Ele sabe do desejo do São Paulo, mas está calejado com o constante interesse de clubes brasileiros em seu nome durante as janelas de transferências. Em janeiro, por exemplo, ele esteve perto de retornar ao Fluminense, mas não houve acerto entre os clubes por um modelo de troca de jogadores.

No São Paulo, Wellington Nem poderia ser um substituto para Kelvin, cuja permanência após o término do empréstimo com o Porto é difícil – clube e jogador querem a continuidade, mas os portugueses dificilmente renovarão o empréstimo. O atleta habilidoso também poderia atuar como ponta aberto pelos lados do campo no esquema do técnico Ricardo Gomes.

A possibilidade de acertar um empréstimo por Wellington Nem com os ucranianos é complicada. Por isso, a direção do São Paulo estuda uma forma de viabilizar a compra dos direitos econômicos.

– Bom jogador. Interessa a qualquer time brasileiro. Ninguém prescinde de bons valores, caras que sabem fazer boas jogadas. Se houver chance, sem dúvida. Não (há negociação em andamento). O mercado é especulativo. Pipocam nomes. Por exemplo, enfiaram o Cássio (goleiro do Corinthians) aqui. Imagina… Não pelo Cássio, mas é que não precisamos. Temos o Denis jogando bem – disse o diretor-executivo Marco Aurélio Cunha.

 

Fonte: Globo Esporte

5 comentários em “São Paulo se interessa por Wellington Nem, mas acordo não é simples

  1. Espero que este planejamento esteja focando em trazer um goleiro para ser titular, um lateral esquerdo, um meia armador e um centravante, todos para serem titulares, manter o Denis é persistir na burrice, já teve a sua chance e não aproveitou.
    Além de trocar o treinador, só for pra manter o RG, prefiro apostar no Mito.

  2. Vou só fazer um comparativo interessante aqui, o SPFC está atrás de Nilmar (jogado velho com salario muito auto, é que já fez hora com SPFC muitas vezes, já lembro desse cara ser quase anunciado no SPFC e nada) Já o Palmeiras está atrás do Borja, isso mesmo aquele que eliminou o SPFC na libertadores 2016! Olha a diferença de pensamentos das diretorias é por essas e outras que o SPFC está brigando para não cair e o Palmeiras brigando pelo titulo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*