SP se anima com desempenho e já sabe o valor de compra de paraguaio

Antonio Galeano é paraguaio e chegou nesta temporada ao São Paulo para integrar o time sub-20. Seu desempenho acima da expectativas no início do Campeonato Paulista da categoria já faz até com que o clube se movimente para tê-lo em definitivo a partir do ano que vem. Para isso, será preciso pagar 700 mil dólares (cerca de R$ 2,8 milhões) ao Rúbio Ñú, clube do Paraguai.

O valor é referente a 60% dos direitos econômicos do meia-atacante de 19 anos – nasceu em 22 de março de 2000. Atualmente, o vínculo dele com o Tricolor é de empréstimo até o fim desta temporada. Galeano ainda demorou para se apresentar porque disputou o Sul-Americano Sub-20 pelo Paraguai e, assim, não pôde participar da campanha vitoriosa do Tricolor na Copa São Paulo, em janeiro. Depois, teve um período de férias e chegou a Cotia para o Paulistão.

Desde então, Galeano participou de cinco jogos pela equipe de juniores no Estadual. Entrou no segundo tempo nas duas primeiras e passou a ser titular nas três últimas. O meia-atacante já soma quatro gols, em quatro partidas consecutivas. A melhor atuação foi na goleada por 4 a 0 sobre o Palmeiras. O São Paulo venceu todos esses compromissos na competição, com 20 gols marcados e quatro sofridos.

Entre esses compromissos, o time sub-20 foi duas vezes ao CT da Barra Funda para jogos-treinos contra a equipe principal do Tricolor. E Galeano também conseguiu chamar a atenção da diretoria e da comissão técnica do profissional. Nas redes sociais, algumas páginas de torcedores movimentam uma campanha pedindo a compra de Galeano.

 

Fonte: Uol

2 comentários em “SP se anima com desempenho e já sabe o valor de compra de paraguaio

  1. Não podemos perder jogador com futuro!!!!

    Por exemplo; Morato/ precisa fechar contrato de 5 anos com ele e JAMAIS
    pensar me vender !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.