São Paulo recebe Inter em chance antecipada de pressionar Cruzeiro

Com cinco pontos a tirar do Cruzeiro nas cinco partidas restantes do Campeonato Brasileiro, o São Paulo tem a possibilidade de se aproximar mais do líder nesta quarta-feira por fazer jogo antecipado da 35ª rodada contra o Internacional, no Morumbi. Um revés, em contrapartida, praticamente significa dar adeus ao título.

O jogo, marcado para 22 horas (de Brasília), foi adiantado para que o time treinado por Muricy Ramalho pudesse disputar no dia 19 a primeira semifinal da Copa Sul-americana, frente ao colombiano Atlético Nacional. O Cruzeiro, também envolvido em uma segunda frente – faz a primeira final da Copa do Brasil nesta quarta-feira, contra o arquirrival Atlético-MG -, igualará o número de jogos do Brasileiro somente no meio da próxima semana.

“Estamos empatados. Também temos outra competição, que é mais difícil porque tem viagem (para fora do Brasil). Eles jogam em casa, isso ajuda um pouco. Mas, apesar de terem um grande elenco, eles têm a rivalidade em jogo (contra o Atlético). Não é fácil para o técnico, sabemos o que o Marcelo (Oliveira, treinador do Cruzeiro) está passando por lá também”, disse o comandante são-paulino, pesando prós e contras.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Michel Bastos é opção para o time de Muricy Ramalho tanto na lateral esquerda quanto no meio-campo

Para o duelo com o Inter, Muricy terá apenas uma baixa em relação à escalação que bateu o Vitória no domingo: o lateral esquerdo Álvaro Pereira estará a serviço da seleção uruguaia e provavelmente será substituído por Michel Bastos – outra opção seria deixá-lo no sistema ofensivo, com Luis Fabiano no banco de reservas e Reinaldo pelo lado. Já o volante Hudson retorna após cumprir suspensão, ao contrário do zagueiro Rafael Toloi e do atacante Alexandre Pato, os quais, mesmo recuperados de lesão, têm volta prevista para o fim de semana.

Pelo Internacional, o prisma também mostra um duelo de sobrevida ou morte. Insatisfeita com a antecipação da partida, mas animada pela vitória de domingo sobre o Grêmio, a equipe gaúcha ocupa a sexta posição, com 56 pontos, um a menos do que Grêmio, Atlético-MG e Corinthians (primeiro fora do G-4). Da mesma forma, portanto, pode tanto dar corpo ao seu principal objetivo (chegar à Copa Libertadores) quanto se distanciá-lo dele praticamente em definitivo.

A missão de vencer o vice-líder da competição em seu domínio, porém, ficou mais complicada ainda com a confirmação do desfalque do meia argentino D’Alessandro. O principal armador colorado acusou dores musculares e não seguiu viagem com a delegação rumo à capital paulista, a exemplo dos volantes Willians (suspenso) e Aránguiz (convocado para a seleção chilena), outras duas baixas para o técnico Abel Braga.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X INTERNACIONAL

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 12 de novembro de 2014, quarta-feira
Horário: 22 horas (de Brasília)
Árbitro: Heber Roberto Lopes (Fifa-SC)
Assistentes: Kléber Lúcio Gil (Fifa-SC) e Nadine Bastos (Fifa-SC)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Hudson, Paulo Miranda, Edson Silva e Michel Bastos (Reinaldo); Denilson, Souza, Ganso e Kaká; Alan Kardec e Luis Fabiano (Michel Bastos)
Técnico: Muricy Ramalho

INTERNACIONAL: Alisson; Wellington Silva (Diogo), Ernando, Alan Costa e Fabrício; Ygor, Bertotto, Jorge Henrique, Alex e Alan Patrick; Nilmar
Técnico: Abel Braga

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*