São Paulo reafirma contrato de R$ 36 milhões com nova parceira

O São Paulo divulgou uma nota oficial na noite desta quarta-feira reiterando os valores de seu novo contrato com a Penalty, fornecedora de materiais do clube pelos próximos três anos. No início do ano, ao anunciar o acordo, o Tricolor divulgou que receberia mais de R$ 35 milhões por ano. Na verdade, serão R$ 36 milhões, num total de R$ 108 milhões.

A versão online da revista “Época Negócios” publicou, nesta quarta, a informação de que desse montante, apenas R$ 13 milhões seriam pagos em dinheiro, e o restante teria sido calculado pela multiplicação de 110 mil peças fornecidas por 200 reais, um valor médio dos produtos. Essa soma resultaria os R$ 35 milhões divulgados por São Paulo e Penalty.

Em nota assinada pelo vice-presidente de comunicações, Julio Casares, o clube paulista afirmou que esse não é o número correto de peças e disse que o valor mencionado se aproxima apenas do que foi pago de luvas pela empresa. Embora o São Paulo não divulgue, apoiado em termos de confidencialidade, o acordo previa que R$ 16 milhões fossem pagos imediatamente após o início da validade do contrato.

O clube esclarece que, nos termos, está envolvida a exploração do estádio do Morumbi, e diz que em nenhum momento teve o intuito de comparar a sua parceria à dos principais rivais, principalmente Corinthians (que recebe R$ 30 milhões por ano da Nike) e Flamengo, que recentemente assinou um contrato com a Adidas que poderá atingir os R$ 36 milhões.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*