São Paulo quer inscrever até dez jogadores da base no Paulistão

Dez jogadores das categorias de base. Este é o número estipulado pela comissão técnica do São Paulo para inscrever no Paulistão, cujo novo regulamento que começa a valer a partir de 2015 permite o registro de apenas 28 atletas – motivo que gerou revolta do presidente Carlos Miguel Aidar e criou mal-estar com a Federação Paulista de Futebol (FPF).

O grupo de novas revelações do Tricolor já participará da pré-temporada do time profissional, que será iniciada por Muricy Ramalho em 8 de janeiro, no CT da Barra Funda. Os garotos vão se juntar aos também pratas da casa Auro, Lucão, Rodrigo Caio, Ewandro, Boschilia e Ademilson, isso se nenhum deles for negociado até lá.

A decisão de promover mais atletas faz parte da filosofia de trabalho da presidência, que faz questão de que o clube revele pelo menos quatro destaques por ano. Isso é levado tão a sério que demissões são cogitadas caso o planejamento não seja seguido à risca.

Com a expectativa de contar com vários jovens no elenco na volta das férias, restarão poucas vagas para os jogadores mais experientes no Paulistão – aproximadamente 18. Uma delas, sem dúvida, será de Rogério Ceni, que renovou contrato até agosto de 2015 e não abre mão de disputar a competição.

A principal meta do São Paulo na próxima temporada é a disputa da Copa Libertadores. Ainda assim, Muricy não quer ignorar o Estadual. Mas ele próprio já admitiu que poderá colocar uma equipe mista em algumas partidas.

O Tricolor, que está no Grupo 1 do Paulistão (com Ituano, São Bernardo, Mogi Mirim e Red Bull), estreará no dia 1 de fevereiro, às 17h, contra a Penapolense, no Estádio Tenente Carriço, em Penápolis.

Fonte: Lance

4 comentários em “São Paulo quer inscrever até dez jogadores da base no Paulistão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.