São Paulo pode ter Rodrigo Caio de volante e novo esquema contra o Flu

Pressionado por não vencer há cinco jogos, o técnico Ricardo Gomes tentará mudar a situação do São Paulo a partir deste domingo. Em treino fechado no CT da Barra Funda, o comandante definirá a equipe que enfrentará o Fluminense nesta segunda-feira, no Rio de Janeiro. Não bastasse a fase complicada, Ricardo ainda tem problemas para escalar a equipe. Precisará, novamente, fazer alterações na formação.

Após o clássico contra o Santos, na última quinta-feira, Ricardo Gomes perdeu Carlinhos e Hudson, lesionados. As baixas são importantes para as pretensões do treinador, que pode ser forçado a alterar o esquema de jogo (4-1-4-1). Na visão de Ricardo, não há no elenco um jogador capaz de cumprir a função de Hudson na proteção à frente da zaga.

Reserva desde que o treinador chegou, João Schmidt seria o substituto imediato, por já ter atuação na posição, mas Ricardo o enxerga como volante mais à frente, na parte da criação. Uma alternativa é Rodrigo Caio, que jogou durante muito tempo como volante. Neste caso, uma vaga na defesa seria aberta para a entrada do ídolo Lugano.

Caso não opte por Rodrigo, a tendência é que Gomes altere o esquema para o 4-2-3-1, com dois volantes na contenção. Desse modo, o peruano Cueva jogaria centralizado e Wesley, que vem mal, brigaria com Schmidt. Após ficar no banco contra o Santos por ter voltado da seleção peruana, Cueva deve retornar ao time.

No ataque, para a vaga de Carlinhos, quem ganhou pontos foi Robson. O atacante foi titular pela primeira vez no clássico e agradou. Surge como grande candidato a uma das vagas ao lado de Chavez. A utilização de Kelvin dependerá do modo como Ricardo armará o time.

A ideia do treinador é mexer o mínimo possível na estrutura.

– Não vou mudar muito, não. No máximo, o posicionamento – afirmou o comandante tricolor.

A situação de Ricardo é delicada. O presidente Carlos Augusto de Barros e Silva tem sido pressionado a demiti-lo, mas ainda resiste. A análise é de que o treinador não é a causa dos problemas. Mas o técnico sabe que precisa fazer o time jogar mais. Os trabalhos começam já.

AS FORMAÇÕES MAIS POSSÍVEIS

Com o mesmo esquema: Denis, Buffarini, Lugano, Maicon e Mena; Rodrigo Caio; Robson, Thiago Mendes, Wesley (João Schmidt) e Cueva; Chavez.

Com esquema diferente: Denis, Buffarini, Maicon, Rodrigo Caio e Mena; João Schmidt (Wesley), Thiago Mendes, Kelvin, Cueva e Robson; Chavez.

 

Fonte: Lance

8 comentários em “São Paulo pode ter Rodrigo Caio de volante e novo esquema contra o Flu

  1. Sou a favor do Ricardo ficar no banco……………….do vestiário. Nunca concordei com sua contratação, se o Jardine tive ficado não estaríamos nessa situação. Prova disso é que o Botafogo melhorou muito com a saida do Ricardo, até parace que essa diretoria não entende de futebol, segunda feira é sua última chance, que sofrimento.

  2. Sou a favor do Rodrigo Caio de volante joga muito mais que na zaga, mas de que adianta ter 3 , 4 volantes se o time nao tem que arme nao tem atacante que receba as bolas para fazer os gols, concordo sim somente 2 volantes um deles o Rodrigo, o outro depende muito do ataque e da defesa, sera um jogo dificil contra o Fluminense ja que eles nao querem perder pontos para ficar na parte de cima da tabela, derrota certa, volta a falar se conseguir um empate ja estara bom d+, se ganhar se maravilhosa, mas nao acredito com esse RG impossivel.

  3. Treino fechado pra quê? No jogo ninguém vê nada demais. Vai enganar em outro lugar seu medonho, tenha vergonha na cara e peça pra sair já que o bunda mole IMBECIL do Leleco não honra as calças que veste pra te mandar embora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*