São Paulo inicia oitavas de final contra entusiasmada LDU de Loja

Recomeça nesta quarta-feira a caminhada do São Paulo na Copa Sul-americana. Às 22 horas (de Brasília), a equipe faz, fora de casa, o jogo de ida das oitavas de final contra a equatoriana Liga Deportiva Universitaria de Loja, que vem entusiasmada por ter derrubado já dois times.

Muito menos conhecida do que a LDU de Quito, campeã da própria Sul-americana, a de Loja disputa seu primeiro torneio continental. A classificação diante do Nacional, dono de três títulos da Libertadores, foi motivo de muita festa e reconhecimento por parte da torcida na volta dos jogadores após a partida no Uruguai.

“É um time ajeitado, tem bola parada muito boa, jogadores altos. Assisti aos dois jogos, e é um time chato. Não é um jogo fácil. Eu preferia enfrentar o Nacional, que é um time inferior ao time de Loja”, analisou o goleiro são-paulino Rogério Ceni, antes da longa viagem ao Equador.

Para chegar ao palco da partida, a delegação brasileira levou quase 20 horas. Depois de conexão em Bogotá e desembarque em Guayaquil, atletas e comissão técnica pegaram voo fretado até Cuenca, de onde seguiram de ônibus por cerca de quatro horas ao destino final, na madrugada de terça-feira.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Ney Franco espera voltar do Equador com vaga encaminhada para as quartas de final do torneio continental

A missão é retornar da cidade equatoriana com vaga encaminhada. “Temos que fazer gol na casa do adversário. Se tiver competência para fazer gols com vitória, melhor ainda”, disse o técnico Ney Franco, valorizando o tento visitante como critério de desempate no placar acumulado.

 

“Como é uma competição de mata-mata, você não pode abrir mão do primeiro jogo. A gente poderia muito bem avaliar e levar só seis ou sete jogadores para o jogo. Mas acho que ainda não é o momento de selecionar Sul-americana ou Brasileiro”, destacou o treinador.

O time brasileiro não conta com Luis Fabiano, lesionado. O artilheiro da temporada deve voltar a atuar somente no outro fim de semana. Willian José, seu substituto na vitória sobre o Cruzeiro, não agradou e poderia ser sacado em detrimento da entrada de um homem a mais no meio-campo, mas, por jogar distante da torcida, ganhará nova chance.

A equipe rival também tem um goleador brasileiro. Trata-se de Fábio Renato, atacante de 32 anos que defendeu clubes pequenos antes de ir para o Equador. Apesar de ter passado em branco frente ao Nacional, ele balançou a rede cinco vezes para ajudar a eliminar o Monagas, da Venezuela, na primeira fase, e se isolou na artilharia.

No Uruguai, um dos destaques foi o meia Johnny Uchuari, autor do primeiro tento do triunfo por 2 a 1. De volta ao Equador, foi reconhecido como herói pelo governo de Loja, recebendo uma placa em homenagem ao feito histórico.

Além de Fábio Renato e Uchuari, o São Paulo se preocupa com o campo estreito do Estádio Reina del Cisne, cuja capacidade não ultrapassa 15 mil assentos. Pela dimensão acanhada do gramado, Ney Franco pode abdicar no segundo tempo do esquema com três homens de frente, já que os pontas ficam mais vulneráveis à marcação.

FICHA TÉCNICA
LDU DE LOJA X SÃO PAULO

Local: Estádio Reina del Cisne, em Loja (Equador)
Data: 26 de setembro de 2012, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Árbitro: Julio Bascuñan (CHI)
Assistentes: Juan Maturana (CHI) e Marcelo Barraza (CHI)

LDU:  Luis Fernández; Armando Gómez, Arnaldo Vera, Jimmy Bermúdez e Koob Hurtado; Pedro Larrea, Marco Mosquera, Cristian Quiñónez e Johnny Uchuari; Walter Calderón e Fábio Renato
Técnico: Paúl Vélez

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Douglas, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson, Maicon e Jadson; Lucas, Osvaldo e Willian José
Técnico: Ney Franco

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*