Léo põe ponto final em caso Ganso: ‘Só Pelé era imprescindível’

Léo foi um dos personagens da novela Paulo Henrique Ganso. Antes da transferência do meia para o rival São Paulo, o jogador se irritou com a indefinição sobre o assunto. Depois, voltou atrás, após se reunir com a diretoria do clube. Passada a apresentação do atleta no Tricolor, marcada por grande festa, no último domingo, no Morumbi, o experiente jogador de 37 anos voltou a se pronunciar, mas agora de forma mais amena.

De maneira resumida, o jogador minimizou a saída de Ganso do clube, e disse acreditar nos atletas do atual elenco para substituir o ex-companheiro à altura. Mais do que isso, citou Pelé para justificar sua argumentação.

– Só o Pelé era imprescindível. Nenhum outro é. Muitos jogadores vão entrar e dar conta do recado. Ele fez a parte dele, agora outros têm de entrar e jogar. Futebol é assim. Não tenho de querer nada (sobre o desfecho do caso). Cada um segue sua vida e é página virada – definiu o ídolo dos santistas.

O substituto natural do atleta é Felipe Anderson, também revelado na base do clube e que já se disse preparado para assumir a responsabilidade de vestir a camisa 10 do Peixe. Ele, aliás, deve ser o escolhido pelo técnico Muricy Ramalho para entrar como titular na decisão da Recopa Sul-Americana, nesta quarta-feira, às 19h, no Pacaembu, contra a Universidad de Chile. No jogo de ida, no empate sem gols, Ganso iniciou a partida.

Com os R$ 23,9 milhões da transferência de Ganso para o Tricolor, o Alvinegro promete investir em um time forte para 2013. O maior desejo da diretoria é repatriar o ídolo Robinho.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*