São Paulo goleia Barbarense e chega aos 12 gols em dois jogos na Copinha

O time sub-20 do São Paulo não se cansa de balançar a rede dos adversários. Em sua segunda goleada São Paulo em duas partidas na edição 2017 da Copinha, o Tricolor bateu a União Barbarense por 6 a 2, nesta quinta-feira à tarde, na Arena Capivari, em Capivari (SP). O time treinado por André Jardine já soma 12 gols na competição júnior – venceu na estreia o Genus por 6 a 0 – e lidera o Grupo 13, com seis pontos, praticamente assegurando sua ida à segunda fase.

A vaga são-paulina pode ser confirmada ainda nesta quinta. Basta o Capivariano vencer o Genus no segundo jogo da rodada dupla, em Capivari. O próximo compromisso do São Paulo é o Capivariano, neste sábado, às 19h, novamente na Arena Capivari.

– O Jardine passa bastante tranquilidade para a equipe. Vamos passo a passo para, quem sabe, chegar no título no dia 25 – comentou Caíque.

O jogo

Muito forte, o São Paulo começou a partida dando amostras de que construiria o placar com extrema facilidade. O primeiro gol não demorou muito. Aos 9, o zagueiro Éder Militão faz boa jogada pela ponta direita e cruzou na medida para Frizzo mandar para o fundo da rede e abrir o placar, em Capivari. Cinco minutos depois, em mais uma jogada pela ponta, Jeferson levou a melhor pela esquerda e cruzou para Vinícius fazer o segundo gol do Tricolor.

Acuada, a Barbarense não fazia outra coisa a não ser se defender. Sorte do time do interior paulista que o Tricolor passou a pecar na conclusão das jogadas. O terceiro gol só saiu aos 26 minutos. O atacante Léo Natel armou uma bonita trama pela esquerda e rolou na medida para o outro atacante Caíque balançar a rede. Quando parecia que a Barbarense não teria qualquer chance de fazer um gol, Rodnei faz grande jogada pela ponta direita, aos 43. O atacante driblou Léo Natel e aproveita rebote do goleiro Lucas Paes para fazer o primeiro da Barbarense. Para provar que não se abalaria, O Tricolor ainda marcou o quarto antes do intervalo, aos 48 minutos. Destaque do time, Matheus Frizzo recebeu cruzamento de Caíque e, com estilo, estufou a rede.

O São Paulo voltou para a segunda etapa disposto a ampliar o placar. Aos 8, Caíque encontrou Heron dentro da área. O centroavante rolou para Vinícius superar Micael e fazer o segundo gol de ele e o quinto do time do Morumbi. Para dar ritmo ao banco e poupar a energia dos titulares, o técnico André Jardine fez seis mudanças no São Paulo.

Mais solto, a Barbarense chegou ao segundo gol, aos 22, novamente com Rodnei. O camisa 11 recebeu linda bola de Frederico e, na cara de Lucas Paes, balançou o capim: 5 a 2. Com os dois times cansados, a partida caiu de ritmo e ficou mais concentrada no meio-campo. Mas o São Paulo ainda conseguiu marcar o sexto para fechar a conta. Foi de Paulo Bóia. Ele invadiu a área e bateu sem força. O goleiro Micael se complicou, e a bola acabou entrando: 6 a 2. O Tricolor até teve chance de ampliar, mas ficou nisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*