São Paulo ganha mais cinco dias para explicar ‘caso Tigre’ à Conmebol

O São Paulo ganhou mais tempo para montar sua defesa em relação aos incidentes ocorridos na partida com o Tigre, da Argentina, na final da Copa Sul-Americana do ano passado, no dia 12 de dezembro. O Tricolor havia sido notificado pela Conmebol para que explicasse os fatos ocorridos até a quarta-feira. No entanto, a diretoria do time do Morumbi afirma que o órgão estendeu o prazo para segunda-feira

O departamento jurídico do São Paulo elabora um documento com laudos que apontam o Tigre como o responsável pela confusão durante o intervalo da decisão, que provocou o término precoce da partida. O Tricolor está otimista de que não será punido.

O São Paulo corre risco de ser multado e até perder o mando de campo em partidas da Taça Libertadores. A Conmebol se apegou a três artigos do regulamento da competição para dar início ao processo disciplinar: 9.2 (segurança), 15.2 (término antecipado da partida) e 15.3 (invasão do estádio). Depois da análise das provas do clube, um comitê julgará o caso, mas ainda não há data para o Tribunal. A equipe argentina também foi autuada.

 

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*