São Paulo fecha negócio para excursão aos EUA durante a Copa

Depois de contratar Alan Kardec, a nova diretoria do São Paulo concretizou mais um desejo de Muricy Ramalho: a excursão para o exterior durante a parada para a Copa do Mundo. Na última quarta-feira, os dirigentes selaram as negociações para que o elenco tricolor viaje para os Estados Unidos e se mantenha ativo durante a paralisação do Campeonato Brasileiro. Serão disputados dois amistosos em Orlando, na Flórida, com adversários ainda não definidos.

– Vamos para os Estados Unidos. Vamos ficar sediados em Orlando (na Flórida) – declarou o presidente Carlos Miguel Aidar com exclusividade ao LANCE!Net.

O projeto começou a ser tocado ainda na gestão de Juvenal Juvêncio pelas mãos do então vice-presidente de futebol, João Paulo de Jesus Lopes. Com a eleição de Carlos Miguel Aidar, o cartola passou a ocupar o posto de vice-presidente de administração e finanças com a promessa de seguir à frente do projeto, mas perdeu espaço e viu o gerente-executivo Gustavo Oliveira fechar o negócio.

Sobrinho do ídolo Raí, que completou 49 anos nesta quinta-feira, Gustavo esteve reunido com Aidar e o vice-presidente de futebol, Ataíde Gil Guerreiro, e apresentou todos os detalhes da viagem. A atuação do gerente-executivo, que também cuida pessoalmente das negociações por reforços, foi muito elogiada pelo presidente tricolor.

– Ótimo, ótima pessoa. Estamos adorando ele. Eu e o Ataíde adoramos. Ele tem um DNA de qualidade (é filho do ídolo corintiano Sócrates), realmente. Está desenvolvendo um ótimo trabalho e é discreto, habilidoso, não é exibido. Tem um excelente perfil – destacou Aidar, antes de explicar como a delegação será formada.

– Não vai nenhum diretor. Nem Ataíde, nem eu. Só vai o Gustavo. Pela primeira vez o São Paulo vai para o exterior sem nenhum diretor. Seria bom para levar conselheiros da oposição e fazer com que eles virem situação, mas não vou levar ninguém – brincou.

Nas últimas semanas, João Paulo de Jesus Lopes já não tratava a excursão com otimismo, já que o clube enfrentava dificuldades para encontrar adversários. O vice de administração e finanças chegou a dizer ao L!Net que já estudava novas opções, mas Gustavo Oliveira acabou conseguindo selar o plano inicial do clube, que terá de esperar o término de uma competição eliminatória entre os times norte-americanos para saber quais equipes estarão disponíveis para amistosos.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*