São Paulo encara XV de Piracicaba para diminuir pressão e embalar de vez

Duas vitórias incontestáveis deveriam diminuir a pressão sobre o São Pulo neste início de temporada, mas o efeito tem sido inverso neste Campeonato Paulista. Pela terceira rodada, o Tricolor recebe o XV de Piracicaba às 19h30 (de Brasília) deste sábado, no Pacaembu, tentando convencer torcida e diretoria de que vai brigar por títulos na temporada.

Após ter vencido o Penapolense por 3 a 1 na estreia, o São Paulo goleou o Capivariano por 4 a 2 na última quarta-feira. Mas a boa atuação não empolgou parte da torcida, que insistiu em pegar no pé de Maicon mesmo o meio-campista tendo jogado bem. O desabafo do camisa 18 após a vitória atiçou a discussão sobre suas qualidades e o clima neste sábado não deve ser dos melhores.

“Conversei com o Maicon. Falei que tem que ficar tranquilo, que não é todo torcedor”, explica o técnico Muricy Ramalho. “Falei para ele que tem de entender o torcedor. E tem que deixar para lá e fazer o papel de jogador. Ele foi o melhor em campo disparado no primeiro tempo (contra o Capivariano). O torcedor tem que dar um voto de confiança e eu peço isso.”

Rubens Chiri/Site Oficial SPFC

No último duelo entre os times, Luis Fabiano marcou o dele na vitória do São Paulo por 3 a 1 no Paulistão 2014

O treinador tenta apaziguar a situação com os torcedores, mas também recebe pressão interna. Recentemente o presidente Carlos Miguel Aidar cobrou um título neste ano. Muricy respondeu dizendo que a declaração “não agrega e não ajuda em nada” e faz o próprio clube se pressionar.

O atrito nasceu no topo da hierarquia são-paulina, visto que Aidar e o ex-presidente Juvenal Juvêncio vivem se atacando publicamente. Então o clima ruim chegou à comissão técnica e neste sábado o São Paulo recebe o XV de Piracicaba tentando não deixar a bagunça influenciar dentro de campo.

Apesar disso tudo, o ambiente entre os jogadores é bom, o que permite a Muricy testar suas opções sem ser questionado. Ele mantém Maicon no meio e garante o retorno de Luis Fabiano ao ataque, assim provavelmente deixando Alexandre Pato no banco de reservas mesmo após os três gols marcados pelo camisa 11 na quarta-feira.

No mais, a outra dúvida para determinar a escalação está na disputa pela quarta zaga. Edson Silva e Lucão foram titulares uma vez cada um nesta temporada, e Muricy não revela qual fará dupla com Rafael Tolói frente ao XV.

Rubens Chiri/Site Oficial SPFC

Ataque que deu muito certo na quarta-feira deve perder Alexandre Pato (no alto) para a volta de Luis Fabiano

O Nhô Quim visita o São Paulo ainda sem nenhum ponto no Paulistão. Já temendo o rebaixamento, o time comandado pelo técnico Roque Júnior tenta surpreender o favorito e subir na classificação do grupo D. “A derrota contra o São Paulo está fora de cogitação”, sentencia o meia Tony. “Todos sentiram as derrotas. Estamos tristes, chateados, e precisamos dar uma resposta para a torcida e para nós mesmos.”

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO x XV DE PIRACICABA

Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo (SP)
Data: 7 de fevereiro de 2015, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan (SP)
Assistentes: Alex Ang Ribeiro e João Edilson de Andrade (ambos de SP)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Bruno, Rafael Toloi, Lucão (Edson Silva) e Reinaldo; Denilson, Maicon, Michel Bastos e Ganso; Alan Kardec (Alexandre Pato) e Luis Fabiano
Técnico: Muricy Ramalho

XV de Piracicaba: Diogo Silva, Éder Sciola, Leonardo Luiz, Airton e Fabiano; Clayton, Tony, Juliano (Celsinho) e Paulinho Guerreiro; Tiago e Roni (Henrique)
Técnico: Roque Júnior

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*