São Paulo e Universidad Católica iniciam disputa por vaga na final

São Paulo e Universidad Católica começam a decidir uma vaga para a final da Copa Sul-Americana nesta quinta-feira, às 20h15 (horário de Brasília), no Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, no Chile.

Para esse duelo, o técnico Ney Franco poderá ter problemas para escalar a zaga. Rafael Toloi viajou com o grupo, mas ainda sente dores no tornozelo esquerdo. Caso seja confirmado como desfalque, o treinador pode optar pela entrada de Edson Silva ou deslocar Paulo Miranda e escalar Douglas na lateral direita.

O esquema 4-2-3-1 será mantido, com Jadson, Lucas e Osvaldo formando a linha de três meias e Luis Fabiano no ataque. Ganso, que fez sua estreia pelo São Paulo na última rodada do Brasileirão, seguirá como opção no banco de reservas.

O Tricolor já está garantino na próxima Libertadores, pela classificação do Nacional, e agora luta para acabar com o jejum de títulos, que dura desde a conquista do Campeonato Brasileiro de 2008.

Do outro lado, a Universidad Católica busca também um lugar na Libertadores, já que a equipe não tem mais chances de garantir a vaga através do Torneio Clausura do Campeonato Chileno. Por isso, a Copa Sul-Americana é vista como a salvação da temporada para os “cruzados”.

O técnico Martín Lasarte terá o desfalque do meia Fernando Cordero, que está suspenso. Em seu lugar no meio de campo, Sixto Peralta deve entrar no time titular.

FICHA TÉCNICA:

UNIVERSIDAD CATÓLICA X SÃO PAULO

Local: Estádio San Carlos de Apoquindo, em Santiago, no Chile
Data/Horário: 22/11/2012, às 20h15 (de Brasília)
Árbitro: Omar Ponce (ECU)
Assistentes: Juan Cedeño (ECU) e Christian Lescano (ECU)

UNIVERSIDAD CATÓLICA: Cristopher Toselli; Claudio Sepúlveda, Hans Martínez, Cristián Álvarez e Alfonso Parot; Francisco Silva, Tomás Costa, Michael Ríos e Sixto Peralta; Francisco Pizarro e Nicolás Castillo. Técnico: Martín Lasarte.

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi (Edson Silva), Rhodolfo e Cortez; Wellington, Denílson, Jadson, Lucas e Osvaldo; Luís Fabiano. Técnico: Ney Franco.

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*