São Paulo e Santos abrem mão de centroavante e optam por “falso 9”

São Paulo e Santos se enfrentarão sem um centroavante autêntico, neste domingo, a partir das 17 horas (de Brasília), no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Diante da perda de jogadores que faziam tal função no ano passado, os técnicos Dorival Júnior e Jair Ventura recorrerão ao famigerado “falso 9”.

No Tricolor, quem executava o papel de centroavante em 2017 era o argentino Lucas Pratto, vendido ao River Plate no início deste ano. No Peixe, Ricardo Oliveira, atualmente no Atlético-MG, era o homem de referência no ataque.

Só que neste início de 2018 ambos os treinadores vêm preferindo utilizar atletas versáteis em detrimento dos centroavantes de ofício. No São Paulo, por exemplo, o colombiano Tréllez ainda não recebeu chances como titular. No Santos, por sua vez, Rodrigão até teve oportunidades, mas não agradou e voltou ao banco de reservas nos últimos jogos.

Pelo lado tricolor, o meia-atacante Diego Souza será o homem mais avançado. De acordo com Dorival, contudo, o camisa 9 tem “liberdade para se movimentar, percebendo os zagueiros. Joga solto, como gosta. Não quero Diego atacante”.

Para Dorival, um atacante fixo não funciona em seu esquema. “Quero mobilidade para ter penetração. Várias equipes na Europa jogam assim. O Diego, no Sport, fazia essa função. Ele não é centroavante de referência. Se quiser sair para armar, tem liberdade”, reiterou o treinador.

Jair Ventura, por sua vez, aposta na velocidade do trio formado por Copete, Eduardo Sasha e Gabigol para se infiltrar na defesa tricolor. A ideia é que os atacantes não tenham posição fixa. Há a possibilidade ainda de o colombiano atuar improvisado na lateral esquerda. Nesse caso, o garoto Arthur Gomes integraria o ataque alvinegro.

“É bom (versatilidade no ataque). Temos boa movimentação. Eles (adversários) não sabem a quem pegar, a movimentação que nós temos deixa mais difícil. Seja na lateral ou no ataque, eu quero ajudar. Para mim, jogo melhor na frente”, analisou Copete.

Com dez pontos ganhos em seis rodadas, o São Paulo lidera o Grupo B do Estadual, ao passo que o Santos ocupa o primeiro lugar do Grupo D, com 11 pontos em sete partidas. Ambos os times buscam a primeira vitória em clássicos na temporada.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “São Paulo e Santos abrem mão de centroavante e optam por “falso 9”

  1. VAMOS VER QUANTAS FINALIZAÇÕES QUE LORIVAL JUNIOR AUTORIZOU O ATAQUE TRICOLOR CHUTAR CONTRA A META SANTISTA,DIEGO SOUZA COM A NOVE,ESTÁ SONOLENTO.O TÉCNICO TEM QUE ADIVINHAR,QUE HUDSON TEM + BOLA E SAÚDE DOQUE PETROS,COLOQUE O PETROS DEPOIS QUE O ADIVERSÁRIO ESTIVER COM A LÍNGUA DE FORA.OUTRA DICA TIRE ESTE SHAYLON DO BANCO.TEIMOSIA AFUNDA,É UM PASSO PRA UM LENCINHO BRANCO(TCHAU).E AÍ ANDRÉ(SPORT) COM A 9,SERVE,É O ÚNICO QUE ESTÁ NO FUNDO DO TACHO AQUI NO BRASIL!!!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*