São Paulo e Galo se reencontram nas oitavas da Libertadores

Na fase de grupos, uma vitória para cada lado e as duas equipes avançaram para o mata-mata. Agora, um dos dois ficará pelo caminho. São Paulo e Atlético-MG fazem o jogo de ida pelas oitavas de final da Copa Libertadores nesta quinta-feira, às 20h15, no estádio do Morumbi.

Suspenso, o atacante Luis Fabiano só retorna ao time tricolor na partida de volta. Por conta disso, Aloísio segue no comando de ataque. Ausente no último duelo, Jadson retorna para a equipe. Pelo lado do Galo, Gilberto Silva fica com a vaga de Leonardo Silva, que está fora por conta do terceiro cartão amarelo. Bernard e Diego Tardelli estão confirmados entre os titulares.

SÃO PAULO

O elenco são-paulino recebeu uma injeção de ânimo após a vitória por 2 a 0 diante do Galo, o que garantiu a classificação às oitavas de final da competição. Mesmo confiantes, os jogadores destacam que, agora, no mata-mata, a história do confronto será diferente.

– Cada partida é uma história, não dá para fugir disso. O Atlético-MG vai ser diferente, o São Paulo vai ser diferente. Não vai ser o mesmo jogo da classificação, situação diferente, eles estavam mais tranquilos e nós corríamos o risco de cair fora. Não tem como prever quem vai vencer. As chances estão em aberto. São duas grandes equipes e, numa partida de futebol, é muito difícil prever algum resultado – declarou o zagueiro Lúcio.

O técnico Ney Franco conta com o retorno do meia Jadson, que cumpriu suspensão por conta do terceiro cartão amarelo na última rodada, diante do Atlético-MG. Ausente em razão da punição de quatro jogos da Conmebol, o atacante Luis Fabiano será substituído por Aloísio. No primeiro jogo contra o Galo, o camisa 19 marcou o gol são-paulino na derrota por 2 a 1. Já no estádio do Morumbi, sofreu pênalti que culminou no tento de Rogério Ceni, o primeiro na vitória por 2 a 0.

O meia Maicon, recuperado de um estiramento na coxa esquerda, segue como opção entre os suplentes. A dupla de volantes será formada por Wellington e Denilson. Vale ressaltar que, nessa fase da competição, os cartões são zerados.

ATLÉTICO-MG

Depois de sentir o gosto do que é entrar em campo sem preocupações e pegar uma equioe que joga pela vida, o Atlético-MG pretende dar o troco no São Paulo. Neste encontro inicial das oitavas de final da Libertadores, a preparação do técnico Cuca foi a de motivar os jogadores de tal forma que eles necessitem de apresentar o futebol que encantou o Brasil na fase de grupos do torneio.

E a mudança de postura em campo começará nos pés de Ronaldinho. O craque, que criou polêmica ao desvalorizar a derrota de 2 a 0 no Morumbi, deixou claro que o clima de decisão mudará o comportamento do Alvinegro. Ele, que foi poupado especialmente para esta partida (jogou pela última vez no amistoso da Seleção), que encaminhar a vaga nas quartas de final com um bom resultado fora de casa.

– Temos de conseguir um resultado bom fora para decidir em casa, onde temos o privilégio de decidir a classificação. Então, é jogar com inteligência – disse R10.

Para o duelo de quinta, somente Leonardo Silva estará indisponível. E a ausência do zagueiro é motivo de preocupação. Suspenso pelo terceiro cartão amarelo, ele dará lugar ao pentacampeão Gilberto Silva, que, já aos 36 anos, terá bastante trabalho para conter a habilidade e velocidade de Osvaldo.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X ATLÉTICO-MG

LOCAL: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
DATA/HORÁRIO: 2/5/2013, às 20h15
ÁRBITRO: Antonio Arias (PAR)
ASSISTENTES: Carlos Cáceres e Darío Gaona (PAR)

SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Lúcio, Rafael Toloi e Carleto; Wellington, Denilson, Jadson e P.H.Ganso; Osvaldo e Aloísio. Técnico: Ney Franco.

ATLÉTICO-MG: Victor, Marcos Rocha, Gilberto Silva, Réver e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Diego Tardelli, Ronaldinho Gaúcho e Bernard; Jô. Técnico: Cuca
Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*