São Paulo e Galo se enfrentam no Morumbi para manter o Vasco à vista

Com 100% de aproveitamento nas quatro primeiras rodadas, o Vasco firmou-se naliderança do Campeonato Brasileiro. Às 16 horas (de Brasília) deste domingo, porém, atuarão no Morumbi dois times dispostos a não deixá-lo abrir distância: São Paulo e Atlético-MG, ambos em busca de embalo.

A melhor campanha é do Alvinegro, que iniciou a rodada na segunda posição por ter somado dez dos 12 pontos disputados. Os paulistas, por sua vez, contam com o bom desempenho mostrado até agora como anfitrião: conquistou os seis pontos que ostenta no torneio em seu estádio.

Para encostar na parte de cima da tabela, os mandantes, mais uma vez, não poupará nenhum de seus titulares. E, desta vez, está mais reforçado. O Tricolor tem como desfalques somente o volante Denilson, suspenso, e o goleiro Rogério Ceni, o volante Wellington e o meia Cañete, todos ainda machucados.

 

A principal novidade deve ser a volta de Fabrício como titular. O volante não atua desde 7 de abril, quando sentiu contratura na panturrilha direita, a terceira lesão que tratou em menos de seis meses no clube. No ataque, haverá o retorno de Luis Fabiano, suspenso na última rodada, contra o Santos. A maior dificuldade, porém, será mostrar foco e superar o desgaste da vitória por 1 a 0 sobre o Coritiba, na quinta-feira, pela Copa do Brasil.

“O importante é a vitória, independentemente de estarmos 110% ou 90%. O objetivo são três pontos que darão mais tranquilidade para frente no campeonato”, disse Luis Fabiano, que, como o resto do time, tenta ignorar a outra semifinal da Copa do Brasil, na quarta-feira. “Agora temos outro jogo. Precisamos esquecer do Coritiba e pensar no Atlético-MG, um time complicado”, falou Rhodolfo.

No time mineiro, Cuca não poderá contar com o lateral direito Marcos Rocha, que recebeu o terceiro cartão amarelo e será substituído por Carlos César. Os atacantes Guilherme e Neto Berola, que já vem desfalcando o Galo por motivo de lesão, continuam fora de combate para o duelo no Morumbi.

Já no ataque, o Galo tem o retorno de André, que, mesmo recuperado de lesão, deve ficar no banco de reservas. Jô entrou bem na equipe, com dois gols anotados em dois jogos, contra o Bahia e o Palmeiras, e será mantido. André agora terá que reconquistar espaço no Galo.

 

O desempenho como vice-líder neste início de competição tem agradado Réver, um dos responsáveis pelo Galo ter sido vazado só uma vez na atual edição do Brasileirão. O zagueiro acredita que o time está bem sintonizado, com os atacantes ajudando na marcação. Isso, segundo ele, é fruto do trabalho da comissão técnica e facilita para os defensores.

“É mérito do treinador e dos jogadores, que compraram a ideia de poder ajudar o setor defensivo. Aí começa uma equipe campeã. O atacante não tem que se preocupar só em fazer gols. Assim, chegamos ao nosso objetivo no Campeonato Mineiro e esperamos chegar também no Brasileiro. Sabemos o alto nível da competição, mas, se nos entregarmos como estamos nos entregando, temos tudo para sair dos jogos cansados e satisfeitos com os resultados”, declarou.

Arte GE.Net

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X ATLÉTICO-MG

 

Local: estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 17 de junho de 2012, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Elmo Alves Resende Cunha (GO)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Cristhian Passos Sorence (GO)
Assistentes adicionais: Fabio Filipus (PR) e Antonio Frederico de Carvalho Schneider (RJ)

SÃO PAULO: Denis; Douglas, Paulo Miranda, Rhodolfo e Cortez; Fabrício, Casemiro, Cícero e Jadson; Lucas e Luis Fabiano
Técnico: Emerson Leão

ATLÉTICO-MG: Giovanni, Carlos César, Réver, Rafael Marques e Júnior César; Pierre, Richarlyson, Danilinho e Ronaldinho; Bernard e Jô
Técnico: Cuca

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*