São Paulo deve premiação da Libertadores e volta a atrasar imagem

O São Paulo voltou a atrasar o pagamento de seus atletas. O clube não teria quitado o prêmio prometido pela classificação para a Libertadores. Além disso, os direitos de imagem de vários atletas também não foram pagos pela diretoria. Em alguns casos, esta última pendência chega a três meses.

Pelo menos sete atletas teriam admitido que seus direitos de imagem estão atrasados.

O salário em carteira (CLT) está em dia no Morumbi. O direito de imagem é uma prática comum entre os clubes nacionais. Geralmente, um jogador ganha parte dos vencimentos na carteira e a outra por meio de empresa particular pela prestação de serviços.

Em setembro do ano passado, o São Paulo enfrentou período de forte recessão. Houve cortes de funcionários e atrasos nos direitos de imagem. Pouco depois, a diretoria acertou os valores.

À reportagem, um diretor do São Paulo admitiu que o clube ainda não quitou com todas obrigações contratuais, mas que o atraso nos direitos de imagem é de aproximadamente um mês.

Procurado, o São Paulo afirmou que houve atraso em alguns prêmios da Libertadores. Sobre o atraso no direito de imagem, o presidente Carlos Miguel Aidar disse que “os salários estão rigorosamente em dia. Temos pequenas pendências  com alguns atletas que saíram e até terça-feira resolveremos tudo”.

Apesar do atraso, o elenco do São Paulo não externou publicamente o problema, pois tem a garantia de que as pendências serão quitadas em breve.

 

Fonte: UOL Esporte

6 comentários em “São Paulo deve premiação da Libertadores e volta a atrasar imagem

  1. O Luiz fabiano é um que se saísse seria um tremendo alivio para a folha de pagamento, é um jogador bem mais ou menos e não vale o que ganha, esta a um tempão no tricolor e não justificou o investimento.

  2. Hora certa de sair esse tipo de noticia, véspera de clássico. Parece até que a noticia é guardada até o momento exato para ser divulgada. A imprensa paulista capricha quando a noticia é sobre o São Paulo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*