São Paulo deve facilitar saída de Everton Felipe em reformulação de elenco

O São Paulo trabalha nos bastidores para tentar reencontrar o caminho das vitórias. Durante os dez primeiros dias de pausa do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa América, a comissão técnica e os dirigentes pretendem definir qual será o destino de alguns jogadores. Everton Felipe é um que pode encontrar um novo caminho longe do Morumbi para o restante da temporada.

Pouco utilizado pelo técnico Cuca, o meia atacante tem contrato com o Tricolor paulista até a metade de 2022. Por apostar no potencial do jogador, os dirigentes acreditam que o empréstimo seria a solução ideal para valorizá-lo no mercado da bola. Pessoas ligadas ao jogador dizem que já receberam sondagens de algumas equipes, mas nenhuma proposta até o momento.

Aos 21 anos, ele teve mais oportunidades no Tricolor paulista sob o comando de Vagner Mancini em 2019. No total, ele disputou dez partidas nesta temporada, sendo cinco com Mancini, três com Cuca e duas com André Jardine. Neste Brasileirão, o meia atacante ainda não entrou em campo para defender o São Paulo.

Quem também pode ser negociado durante esse período de pausa no nacional é Willian Farias. O volante só foi usado por Cuca na final do Campeonato Paulista, contra o Corinthians. O Tricolor não deve fazer força para mantê-lo no elenco caso apareça um interessado. No entanto, a situação poderia mudar se Jucilei for negociado. Neste cenário, Willian Farias poderia cumprir o seu contrato até o fim da temporada para servir como uma opção.

Para reduzir a sua folha salarial, o São Paulo quer enxugar o seu elenco. Os nomes de Nenê, Jucilei e Bruno Peres aparecem como cotados para deixar o clube nas próximas semanas. Por outro lado, o time quer contratar um lateral direito – já abriu conversas com Adriano, do Besiktas, da Turquia – e um centroavante. Cuca indicou Juan Dinenno, que tem os seus direitos vinculados ao Racing, da Argentina, e o clube discute a possibilidade de trazer Ricardo Oliveira, do Atlético-MG.

 

Fonte: Uol

Nota do PP: como sempre, nosso planejamento é de tirar o chapéu. Quem vai explicar os milhões investidos nesse jogador, heim Raí?

8 comentários em “São Paulo deve facilitar saída de Everton Felipe em reformulação de elenco

  1. Isso só acontece pq não tem uma lei que obrigue o presidente ou quem contratou ressarcir o clube, ou se existe a lei éla não é cumprida.

  2. Senão me engano este jogador nunca mostrou para o que veio, mesmo assim, a diretoria ao final do seu emprestimo pagou cinco milhões por ele. Ainda temos seu Willian Farias, seu Biro Biro, Bruno Peres e por ai vai….. Que baita planejamento foi feito pqp…….. Como contrata uma quantidade de jogadores errados e ainda está trabalhando no São Paulo? Esse time não é sério!!!!

  3. Hora da extrema-unção… nem Mons. Bastos, se vivo, conseguiria EXORCISAR os demônios que frequentam habitualmente os gabinetes do Morumbi. E o tal de Biro-Biro Fake ??? Alguém será responsabilizado pela indicação? PQP que fase… parece um pesadelo interminável… com Lero-leco letárgico e paquidérmico, fazendo hora-extra na presidência!

  4. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    Paga ingresso aí seus besta! aaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaahahahahahahahahahaha

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.