São Paulo define novo teto salarial e já enquadra meia Michel Bastos

A diretoria do São Paulo, a pedido do presidente Carlos Miguel Aidar, estipulou e pretende cumprir a partir do ano que vem teto salarial de R$ 300 mil mensais para os jogadores. O meia Michel Bastos, cujo contrato foi renovado recentemente, foi o primeiro a se enquadrar na política.

Na negociação conduzida ainda pelo ex-gerente Gustavo Oliveira, a permanência do jogador até dezembro de 2017 foi selada dentro dos valores do novo teto são-paulino. Atualmente, alguns atletas ainda recebem valores superiores, pois possuem contratos anteriores à nova determinação. Rogério Ceni, Alan Kardec e Luis Fabiano são exemplos. Dos três, apenas Kardec deve continuar a partir de 2016, já que os vínculos de Ceni e Luis chegarão ao fim. O goleiro vai se aposentar.

Com a medida, o São Paulo tenta reduzir gastos com o futebol. O clube deve pelo menos dois meses de direito de imagem aos jogadores e tem atrasado os vencimentos. O clube sempre afirmou que tinha teto de R$ 300 mil, mesmo com Ceni recebendo mais, e Fabuloso, desde 2012.

 

Fonte: Lance

 

7 comentários em “São Paulo define novo teto salarial e já enquadra meia Michel Bastos

  1. Uma pergunta para ser respondida por todos:
    Se você fosse o dono do clube, e tivesse que viver dele, para qual jogador do atual elenco do SP você pagaria 300 mil?
    Acredito que, para administrar melhor o patrimônio alheio, esta deveria ser a equação a ser resolvida antes de se prometer, por longos contratos, pagamentos tão generosos para jogadores que nenhum retorno dão e que, após firmados os contratos, estão “se lixando” para o clube e seus torcedores, sempre com o mesmo lenga-lenga de: “como profissional que sou, estou e vou cumprir meu contrato até o fim”. Lógico, cara pálida…

  2. 300000,00 é muito dinheiro ainda para jogadores, imaginem este Reinaldo ganhando esta grana, o coitado parece mais um pedreiro do que jogador, pago 200,00 por dia para meu pedreiro esta grana tá boa demais para este lateralzinho que não sabe o que é bola.
    salários devem ser no máximo de 200000,00 para os jogadores tops., os meia boca que são a maioria do elenco 80000,00 ta bom demais e a turma que sobe da base 50000,00 é o máximo depois de um ano no profissional

  3. A ta e como vai fazer com LFP que ganha 600 paus, e o Rogerio que ganha ate mais que isso, tudo bem que ele so vai ate dezembro mas vai que o seu VAidar resolva renovar pq o cara é louco, e o Pato entao deve estar fora pq so o tricolor para 400, e nao acredito que ele fique por esse salario, apesar que seu futebol esta para salario abaixo dos 100 mil.
    O que nao pode fazer depois de fazer isso comecar a vender jogadores da base, jogadores mais novos com salarios baixos para fazer caixa, ai ferro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.