São Paulo defende bom retrospecto contra o Fortaleza

Neste domingo, às 19h (de Brasília), na Arena Castelão, Fortaleza e São Paulo se enfrentam pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro em um confronto que envolve, além dos três pontos, histórias paralelas. Uma delas é a do reencontro de Rogério Ceni, hoje treinador do Leão do Pici, com o Tricolor, onde construiu toda sua carreira como jogador profissional. E para sair de campo vitorioso, o ex-goleiro terá que derrubar um retrospecto desfavorável.

Nas 14 vezes em que São Paulo e Fortaleza se enfrentaram em Campeonatos Brasileiros, o time do Morumbi levou a melhor em oito delas. O histórico ainda conta com três empates e três vitórias do Leão. O retrospecto dos últimos três jogos, no entanto, é favorável a equipe catarinense, que não sabe o que perder para o time paulista há três partidas.

O início da história do confronto entre Tricolores foi com predomínio do paulista, que ficou sete jogos sem conhecer uma derrota. O primeiro jogo foi em 1973, no Presidente Vargas, com resultado final de 0 a 0. No ano seguinte, o São Paulo conquistou sua primeira vitória, ao fazer 1 a 0. Na sequência, houve um novo empate antes de uma série de quatro triunfos do time do Morumbi.

O primeiro dos quatro triunfos foi em 1978. No Estádio do Morumbi, o São Paulo fez 2 a 0, com gols de Neca e Zé Sérgio. Três anos depois, o Tricolor do Morumbi venceu em ambos os turnos por 1 a 0. Para completar a sequência positiva, aconteceu a maior goleada do confronto, em 1984: com gols de Paulo Roberto, Renato (2), Pianelli e Jaiminho, o time na época comandado por Mário Travaglini goleou o Fortaleza por 5 a 0.

No mesmo ano, o Leão do Pici conseguiu se recuperar do placar elástico sofrido na primeira fase, conquistou sua primeira vitória sobre o São Paulo e findou a série de sete jogos de jejum. Dia 15 de fevereiro, Evilásio marcou o gol do triunfo por 1 a 0.

De volta a Série A em 2003, o Fortaleza não conseguiu se superar diante do Tricolor paulista em nenhum dos dois turnos. No primeiro, no Estádio do Morumbi, com direito a Rogério Ceni na meta são-paulina, o time da casa fez 3 a 1. No segundo, no Castelão, o São Paulo levou novamente a melhor, dessa vez por 2 a 0, com gols de Kleber e Rico.

Dois anos depois, em 2005, o duelo foi mais equilibrado. No primeiro turno, o São Paulo venceu o Fortaleza no Morumbi por 3 a 2, no que foi o último triunfo do clube sobre o Leão. Desde então, foram três embates, dois vencidos pelo time cearense, ambos pelo placar de 1 a 0, e um empate, no mais recente jogo entre as equipes, no segundo turno de 2006, por 1 a 1.

Neste domingo, os times se enfrentam com ambições distintas na tabela de classificação. Terceiro colocado com sete pontos conquistados, o São Paulo busca manter o bom momento depois do tropeço diante do Flamengo em pleno Morumbi. Já o Fortaleza de Rogério Ceni almeja voltar a somar pontos depois de vencer um e perder os outros dois jogos disputados na Série A.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “São Paulo defende bom retrospecto contra o Fortaleza

  1. em outros tempos diria que estaria no papo, mas hj com esse time mal escalado as vezes e os jogadores que temos nao dao conta nao jogam nada, e os melhores estao se machucando e ficando no reffis.
    Sera um jogo de grandes emocoes de todos os lados, nao gosto de tabu pq nosso time é mestre em quebrar negativamente os tabus.

  2. Time fraco do Fortaleza é um ponto positivo, dificuldade do SP de ganhar fora de casa e atrapalahdas do Cuca é o que podem resultar em nossa derrota

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.