São Paulo decide rescindir com Régis por problemas pessoais

O lateral direito Régis não joga mais pelo São Paulo. Após o atleta voltar a ter problemas pessoais, a diretoria resolveu rescindir o seu contrato, que era válido até abril de 2019. Ele já não treina com o elenco desde o último final de semana, quando foi cortado da partida contra o Botafogo.

Pelos mesmos motivos, Régis já havia tido o contrato suspenso em junho. Mas, contando até com a ajuda do São Paulo, se recuperou e voltou a ser utilizado pelo técnico Diego Aguirre em agosto. Desta vez, diante da reincidência, o clube decidiu não seguir com o atleta neste momento.

Também pesou contra a sua permanência o fato de o São Paulo estar em um momento decisivo do Campeonato Brasileiro, do qual é o terceiro colocado. No sábado, em casa, o time faz um clássico de caráter decisivo contra o líder e rival Palmeiras, a 11 rodadas para o fim da competição.

Destaque pelo São Bento no Campeonato Paulista, Régis foi contratado em abril para ser uma opção mais ofensiva pela lateral direita. Aos 29 anos, ele somou 15 partidas pelo Tricolor, período em que não marcou gols e contribuiu com uma assistência.

Antes de ser novamente afastado, Régis deu impressão de que conseguiria dar sequência em sua trajetória no São Paulo. No confronto com o Fluminense, inclusive, foi dele o cruzamento para o gol de cabeça de Tréllez. Sua última partida com a camisa tricolor foi o empate por 1 a 1 com o América-MG, no dia 22 de setembro, no Morumbi.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

6 comentários em “São Paulo decide rescindir com Régis por problemas pessoais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*