São Paulo confirma estreia da Libertadores no Morumbi

O São Paulo já diz ter certeza de que poderá usar o Morumbi como sede para o jogo de ida da pré-Libertadores, marcado para o dia 23 de janeiro deste ano, diante do Bolívar. Apesar da ameaça de punição por parte da Conmebol, por causa da confusão na final da Sul-Americana, os dirigentes são-paulinos afirmam que não há menor chance do mando ser trocado.

“Em nenhum momento a gente esteve com essa preocupação. A Conmebol fez uma comissão para investigar em janeiro e, em nenhum momento, ficou cogitado isso. Eu acredito, inclusive, que não terá nenhuma punição. Até agora, não fomos avisados. No sorteio da Libertadores, inclusive, confirmaram o Morumbi como mando”, disse o vice-presidente de futebol, João Paulo de Jesus Lopes.

No fim do ano passado, o Tigre, da Argentina, se recusou a voltar para o 2º tempo da decisão da Copa Sul-Americana. O placar apontava 2 a 0 para o São Paulo, e os argentinos reclamaram de terem sido agredidos por seguranças do São Paulo no vestiário.

A confusão foi parar na delegacia de polícia, onde exames de corpo delito foram feitos. No dia seguinte, a Conmebol ratificou o título e afirmou que investigaria o problema e disse que poderia punir os culpados, assim que identificados.

Um dia antes do sorteio da Libertadores, dirigentes das duas equipes se encontraram na sede da entidade que cuida do futebol na América do Sul e ficaram sabendo que uma punição ainda poderia acontecer. Apesar disso, o diretor de futebol, Adalberto Baptista, deixou o evento confiante de que o encontro serviria apenas de aviso para que as outras equipes soubessem que a Conmebol estaria de olho nas próximas confusões em suas competições.

Além disso, o Bolívar chegou a dizer, por meio de um de seus diretores, que pretendia não jogar no Morumbi por falta de segurança. Depois da notícia divulgada em um site boliviano, o presidente do time gringo entrou em contato com os cartolas são-paulinos para desfazer o mal-estar e disse que tudo não passava de um engano.

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*