São Paulo começará disputa do Brasileiro com quase mesmo time

O São Paulo trocou, reformulou parte do elenco com a saída de sete jogadores, mas começará o Campeonato Brasileiro basicamente com o time que naufragou no Paulistão e na Taça Libertadores. Com reforços que são mais apostas para o futuro, o técnico Ney Franco deve fazer poucas mudanças para enfrentar a Ponte Preta, dia 26 de maio, em Campinas, pela estreia no torneio nacional.

Ney Franco São Paulo grupo jogadores (Foto: Rubens Chiri / Site oficial do São Paulo FC)Elenco do São Paulo: poucas mudanças no time titular (Foto: Rubens Chiri / Site oficial do SPFC)

Durante a entrevista coletiva em que a diretoria anunciou as saídas de Cortez, Cañete, Fabrício, João Filipe, Wallyson, Luiz Eduardo e Henrique Miranda, o treinador comunicou queRodrigo Caio será o novo titular do meio de campo. Quem sai ele ainda não revelou, mas Wellington, que ainda não engrenou em 2013, e Denilson, contratado até 30 de junho, correm riscos.

Das contratações feitas pelo clube, nenhuma chega ao Morumbi como titular absoluto. Pelo contrário. O lateral-direito Caramelo, de apenas 18 anos, se destacou no estadual pelo Mogi Mirim, mas ainda precisa ser testado em uma grande equipe para saber seu real potencial. Assim, Ney tem como opções continuar improvisando o zagueiro Paulo Miranda ou dar nova chance a Douglas, seu curinga preferido.

O mesmo acontece com o outro reforço vindo do Sapão. O meia-atacante Roni, de 22 anos, chega para disputar uma posição complicada. Se quiser atuar na armação, brigará com ninguém menos que Jadson e Paulo Henrique Ganso – o elenco ainda tem Maicon. No ataque, o duelo por espaço será com o também novato Silvinho, ex-Penapolense, além de Aloísio e Osvaldo.

Nas demais opções, o comandante não tem muito o que fazer, principalmente depois da mudança feita no grupo. Alguns jogadores dispensados, como Fabrício, Cortez, Wallyson e Cañete, eram os reservas imediatos de suas posições. Os garotos promovidos (Diego, Allan, Lucão e Lucas Evangelista) vivem situação semelhante à dos recém-contratados e passarão por uma análise.

A diretoria, porém, ainda busca reforços. O clube acredita que conseguirá até três jogadores vindos do mercado europeu, que só será aberto no meio do ano. Os nomes estão sendo mantidos em sigilo. Ney Franco, contudo, nunca escondeu que quer um atacante renomado para atuar pelas pontas.

A provável escalação do São Paulo para a estreia no Brasileirão: Rogério Ceni, Paulo Miranda (Douglas ou Caramelo), Lúcio, Rafael Toloi e Carleto (Juan); Rodrigo Caio (Wellington), Denilson, Jadson e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*