São Paulo chega à Argentina, e Maicon aprova cobrança da diretoria

O São Paulo desembarcou no início da tarde desta quarta-feira em Buenos Aires, capital da Argentina, e já está no hotel onde ficará concentrado para a partida de quinta, às 19h30, contra o River Plate, pela Taça Libertadores. Por volta das 14h30, o ônibus com jogadores, comissão técnica e dirigentes chegou ao local. A presença de Michel Bastos, recuperado de lesão na coxa direita, é a maior novidade na lista de 20 jogadores relacionados.

O zagueiro Maicon, que voltará à equipe no lugar de Rodrigo Caio, aprovou a cobrança da diretoria, que se tornou pública na última terça-feira após declarações de insatisfação com o desempenho do elenco, por parte do diretor executivo de futebol Gustavo Vieira de Oliveira.

– Jogador que não gosta de cobrança não serve para jogar no São Paulo. É um time grande. Se não estiver preparado para receber cobrança é porque não merece vestir essa camisa. Vejo como uma motivação a mais, tem que haver cobrança – afirmou o jogador, emprestado pelo Porto até o fim de junho.

Ainda nesta quarta, às 20h, o Tricolor fará um treino fechado no Monumental de Nuñez, palco do jogo. É praxe do técnico Edgardo Bauza não ter a presença de jornalistas na última atividade antes das partidas, embora essa prática tenha sido ampliada nas últimas semanas.

Apesar da privacidade, Bauza, como também tem o costume de fazer, mostrou a escalação no treino de terça-feira. Com a volta de Maicon e a surpreendente saída de Rodrigo Caio, o São Paulo deverá enfrentar o River Plate com Denis, Bruno, Maicon, Lugano e Mena; Hudson, Thiago Mendes, Ganso, Carlinhos e Centurión; Calleri.

– Nós sabemos que temos de colocar o São Paulo no topo, de onde ele não deveria ter saído. Como o clube não conquistou títulos nos últimos anos, a cobrança aumenta a cada dia, mas espero que esse ano possa mudar. A cobrança, se for amigável, se não vier com polêmica, é favorável e nos faz crescer dentro de campo – acrescentou Maicon.

O jogo decisivo terá transmissão do SporTV, e o GloboEsporte.com vai acompanhar em Tempo Real. O São Paulo e o Trujillanos, sem pontos, são os lanternas do grupo 1, que tem o The Strongest com seis e o River Plate com três pontos. Por isso, conseguir pelo menos um empate é fundamental para o futuro tricolor na Libertadores.

 

Fonte: Globo Esporte

Um comentário em “São Paulo chega à Argentina, e Maicon aprova cobrança da diretoria

  1. as frangas do sortudo tite tititi perderam duas e ninguém da imprensa nojenta nao fala em crise,e olhem que perdeu um clássico e hoje para um time ruim que vinha de três derrota.

    abrer o olho soberano se perde para o river não é o fim do mundo ,mas a nojenta vai fazer de tudo para colocar a crise

    vergonha na cara ,estou de olho em vocês jogadores e treinador

    pra sempre soberano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*