São Paulo agenda exames e pode fechar com Edimar nesta quarta-feira

O São Paulo pode definir a contratação do lateral-esquerdo Edimar, do Cruzeiro, nesta quarta-feira. Existe a possibilidade de o jogador realizar exames médicos na capital paulista e, se aprovado, ficar livre para assinar com o Tricolor paulista. A ideia é acertar vínculo de empréstimo válido até o fim da temporada.

Edimar está sem espaço no Cruzeiro de Mano Menezes e passou a ser analisado pela comissão técnica do São Paulo como opção para Júnior Tavares, único jogador da posição no elenco atual. As conversas se arrastam há algum dia e caminham para um desfecho positivo.

Com contrato até junho de 2018 com o Cruzeiro, Edimar chegou ao clube mineiro em junho do ano passado, por indicação do técnico português Paulo Bento. O lateral agradou ao comandante no período em que esteve no Rio Ave, de Portugal.

No ano passado, ele chegou a se fixar como titular, mesmo após a chegada de Mano Menezes, mas perdeu espaço este ano com a contratação de Bryan, campeão mineiro pelo América-MG. Daí, ficou livre para ser negociado.

Vale lembrar que São Paulo e Cruzeiro se enfrentarão na quarta fase da Copa do Brasil, nos dias 13 e 19 de abril. Os clubes já acertaram um negócio este ano, com a troca do volante Hudson pelo atacante Neilton – ambos emprestados até o fim do ano.

Só com Júnior na lateral, Rogério Ceni tem improvisado o argentino Buffarini na esquerda. Por isso, pediu um novo jogador para a posição. Assim como para a meia, posição para a qual o clube tenta a contratação de Everton Ribeiro, que se destacou pelo Cruzeiro entre 2013 e 2014 e está se desligando do Al Ahli (EAU).

 

Fonte: Lance

5 comentários em “São Paulo agenda exames e pode fechar com Edimar nesta quarta-feira

  1. Esse negócio de time muito democrático nunca dá certo, quem define é o treinador, e paga por isso. Ficar tentando agradar o plantel inteiro é pedir para perder a voz de comando. Na vida é assim, chefe não tem que agradar todo mundo, tem que mandar fazer e bem feito, ninguém trabalha de graça, e fim de papo. Corta a cabeça de uns três e deixa penduradas para servir de exemplo.

  2. Tô meio passado; fora de forma (nada que uns dois anos de exercícios físicos intensos não resolva) mas, pelo exemplo desta contratação, acho que daria para eu substituir o Cueva nas suas faltas e manter o nível do elenco. E olha: o salário óh…

  3. Tem horas que me passa a impressão que Rogério Ceni não apita nada na área de contratação de jogadores, ele fala da posição carente e os “caras” trazem o que tiver na xepa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*