São-paulinos admitem queda no 2º tempo e lamentam novo tropeço

Não podia ser diferente. Após o apito final na Ilha do Retiro, o clima entre os jogadores do São Paulo era de decepção total. Depois de sair na frente, o Tricolor acabou cedendo o empate ao Sport Recife e só não saiu derrotado diante de uma virada porque Denis e os atacantes do Leão colaboraram para que o placar ficasse mesmo no 1 a 1 nesta 29ª rodada do Campeonato Brasileiro.

“A gente queria a vitória, claro. A gente não deu nosso melhor, era um confronto direto, time que está brigando com a gente. Ficamos tristes porque a gente mereceu a vitória. Tivemos oportunidades, mas agora é descansar para preparar a cabeça e o time para o clássico contra o Santos”, avaliou Rodrigo Caio, à Rádio Globo, cabisbaixo na saída de campo.

Um dos fatores apontados pelos próprios atletas para que o time não conseguisse chegar á vitória no segundo tempo foi o cansaço. Era fácil perceber os buracos no meio de campo e na defesa tricolor na etapa final e por pouco esse problema não culminou no gol da vitória do Sport.

“É para lamentar. Viemos para vencer. É difícil para caramba jogar aqui. Eles jogam até diferente aqui dentro. Cansamos um pouco no segundo tempo, o volume caiu. Se tivesse aproveitado melhor as oportunidades, a gente poderia ter vencido”, comentou Hudson. “Tem que evoluir. Temos 10 dias, um espaço bom, o Ricardo estava precisando de um tempo desse para corrigir alguns detalhes”, completou o volante.

“No segundo tempo, o Sport atacou demais. A gente defendeu praticamente o segundo tempo todo. Não tem o que falar e sim trabalhar o máximo possível”, concluiu Denis, também sendo sincero sobre a forma como o ritmo da equipe caiu na parte final da partida desta quarta.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “São-paulinos admitem queda no 2º tempo e lamentam novo tropeço

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*