Santos e São Paulo buscam superação em clássico na Vila Belmiro

Santos e São Paulo entram em campo neste domingo para mais um San-São na Vila Belmiro em que os objetivos das equipes são bastante opostos. Uma vitória, no entanto, é fundamental para o Peixe tentar encostar no Corinthians na liderança geral do Campeonato Paulista e pode significar uma retomada de confiança no Tricolor, que convive com crises dentro e fora de campo. Apesar da velha rivalidade, as baixas serão sentidas no clássico. Zeca, Thiago Maia, Lucas Lima, Gabriel e Ricardo Oliveira estão fora por causa da Seleção Brasileira e Paulo Henrique Ganso desfalcará a equipe do Morumbi por ter de cumprir suspensão nesta 12ª rodadas, às 18h30 (horário de Brasília).

“É um prejuízo grande para o São Paulo. Nós também teremos vários fora. Ele (Bauza) perdeu peças importantes, mas (as reposições) são jogadores que já fizeram duas ou três partidas”, ponderou Dorival Júnior, minimizando os problemas de cada time às vésperas do confronto.

“As crises podem ser mudadas do dia para a noite. De um resultado para outro. Passei momento de dificuldade em outras equipes, e em uma semana tudo vira uma arrancada. Vários desfalques em sequência. Natural que não alcance o equilíbrio. São situações muito iguais, mas com suas particularidades”, analisou.

A vitória suada contra o Botafogo-SP, por 1 a 0, conquistada nos últimos minutos da partida da última quarta-feira, deixou o São Paulo com a classificação à próxima fase do Campeonato Paulista praticamente assegurada. O time foi para a liderança do Grupo C, com 17 pontos, e abriu uma vantagem de quatro pontos para a terceira colocada Ferroviária. Vencer o Santos é uma obrigação não só para manter a tranquilidade no Estadual, mas também para acabar com a sina do Tricolor nos últimos clássicos paulistas.

A última vitória contra um rival ocorreu no dia 3 de junho do ano passado, quando o São Paulo venceu o próprio Santos, por 3 a 2, no estádio do Morumbi. Na Vila Belmiro, palco do duelo deste domingo, o Tricolor não conquista três pontos desde 2009.

Edgardo Bauza não poderá contar com Paulo Henrique Ganso e deve ter a volta de Michel Bastos (Foto: Fernando Dantas/GazetaPress)
Bauza não poderá contar com o suspenso Paulo Henrique Ganso e o lesionado Michel Bastos (Foto: Fernando Dantas/GazetaPress)

“A única forma de mudar essa situação é vencendo. O Santos é um adversário difícil. Eles terão desfalques, mas mantêm a qualidade. Contam com um bom grupo e estamos indo para lá sabendo das dificuldades. O São Paulo tem plenas condições de vencer e mudar essa história nos clássicos”, disse o meia Michel Bastos, que foi vetado pelo departamento médico e se tornou desfalque de última hora para o São Paulo.

Recuperado de uma lesão muscular, o jogador treinou normalmente nas últimas atividades, mas foi preservado pela comissão técnica e não irá a campo. Sem ele, o Patón volta a ter dez desfalques para montar o time titular, sendo a ausência de Paulo Henrique Ganso a mais sentida. O camisa 10 recebeu o terceiro cartão amarelo na quarta-feira e será substituído por Daniel. Para minimizar a ausência do armador, Bauza deve optar novamente por um esquema com três volantes, com Carlinhos na lateral esquerda e Centurión na armação.

“A característica do São Paulo não é diferente do Santos. Tem a preocupação natural, de estar posicionado. Mas a característica principal é de toque, fazer a bola passar de pé em pé. Eu não vejo uma mudança de comportamento”, explicou Dorival Júnior.

Com 22 pontos, líder do Grupo A com dois pontos a frente do São Bento, o Peixe inicia a rodada como segundo na classificação geral, mas busca uma regularidade, já que nas últimas duas rodadas o alvinegro decepcionou com a vitória sofrida por 1 a 0 em cima do XV de Piracicaba e o empate sem gols com o Rio Claro.

Dorival Júnior escondeu todos os treinos táticos da semana e manteve a dúvida entre Alison e Léo Cittadini para o lugar de Thiago Maia. Na esquerda, Caju vai para o jogo. Na frente, os escolhidos devem ser Rafael Longuine, Paulinho e Joel.

FICHA TÉCNICA
SANTOS X SÃO PAULO

Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Data: 27 de março de 2016, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcelo Aparecido Ribeiro de Souza
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis e Luiz Alberto Andrini Nogueira

SANTOS: Vanderlei, Victor Ferraz, Gustavo Henrique, Lucas Veríssimo e Caju; Renato, Alison (Léo Cittadini), Rafael Longuine e Serginho; Paulinho e Joel.
Técnico: Dorival Júnior.

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Lugano, Maicon e Carlinhos; João Schmidt, Hudson, Thiago Mendes, Daniel e Centurión; Calleri.
Técnico: Edgardo Bauza

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*