Rodrigo Caio defende Ricardo Gomes e garante que Tricolor não cai

O São Paulo não terminará a temporada 2016 rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, segundo o zagueiro e um dos líderes da equipe, Rodrigo Caio. Em entrevista coletiva concedida na tarde desta sexta-feira, um dia após a dolorida derrota para o Santos, no Pacaembu, o atleta ainda saiu em defesa de Ricardo Gomes, isentando o técnico de culpa pela má fase do Tricolor na competição nacional.

Questionado sobre uma eventual demissão do comandante, o camisa 3 argumentou contra a saída ao dividir a culpa pela situação em que o clube se encontra, com apenas três pontos acima da zona de rebaixamento.

“Seria injusta, a culpa não é dele. Os jogadores precisam reagir de alguma forma, porque somos nós quem jogamos, somos nós quem entramos em campo. Precisamos vencer, fazer gols e não tomar. É um cara excepcional como pessoa e treinador. A culpa não é dele, é nossa. Ele passa tudo o que precisa e o que não precisa ser feito. O resultado é culpa nossa e a gente precisa mudar a situação. É o comandante e a gente precisa vencer por ele, que tem um caráter exemplar, diferente de muitos outros. Espero vencer para ser bom para ele, que merece”, ressaltou o zagueiro.

“De alguma forma precisamos tirar forças, nos unir. Se acontecer de entrar na zona de rebaixamento ou cair, os culpados seremos nós, então precisamos dar um jeito. É trabalhar, dedicar mais nos treinos e ganhar os jogos”, solicitou.

Rodrigo Caio ainda citou a falta de confiança entre os jogadores para justificar a escassez de resultados positivos. No 14º lugar do Brasileirão, com 36 pontos, o Tricolor não vence há cinco rodadas, em que marcou apenas um gol, anotado no empate por 1 a 1 diante do Sport, na Ilha do Retiro.

“A falta de confiança faz o fácil ficar difícil. Colocar a bola para dentro, jogar. As coisas começam a não dar certo. A gente tem que ter tranquilidade. As únicas pessoas que podem mudar isso somos nós, trabalhando sério e com atenção em campo”, disse o zagueiro, lamentando ainda o desperdício de chances criadas no San-São desta quinta-feira.

“A gente vinha criando muito pouco até o jogo contra o Santos, quando foram três chances claras e não colocamos para dentro”, queixou-se, voltando a defender os métodos do atual técnico. “O trabalho está sendo bem feito, nos treinamentos o Ricardo prioriza bastante isso e é difícil culpar somente os atacantes”, acrescentou.

Já na parte final da conversa com os jornalistas, Rodrigo Caio garantiu a permanência do São Paulo na primeira divisão nacional de 2017. “”Eu garanto (que não cai). E qualquer jogador falará isso. Porque vamos dar a vida em campo para não passar por essa humilhação. Temos condição, é só mostrar união para sair dessa”, concluiu.

De olho no jogo contra o Fluminense, marcado para segunda-feira, às 20 horas (de Brasília), em Mesquita (RJ), o São Paulo volta a treinar na manhã deste sábado, no CCT da Barra Funda. Para essa partida, o Tricolor tem Hudson e Carlinhos como desfalques certos por conta de lesões na coxa.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

3 comentários em “Rodrigo Caio defende Ricardo Gomes e garante que Tricolor não cai

  1. Mas é o tecnico quem escala e escala muito mal.
    Jogar com tres volantes e nenhum meia de ligaçao fica difícil fazer gol.
    Deixar joao schimidt, david neres e luiz araujo no banco e continuar com tiago mendes,wesley e carlinhos é bricadeira!!!!!!

  2. São os jogadores que jogam mas é o técnico que determina como!
    Assim foi na quinta-feira quando, mesmo perdendo o jogo, o trenero de plantão, quando passava alguma instrução, era para que o Hudson se mantivesse atrás “protegendo” a defesa. Vai entender.
    Outra coisa, sr. RCaio: pro time reagir é preciso marcar gols. Com a média de gols marcada pelo time sob o comando do Ruincardo Gomes, até onde vc acha que o time pode chegar?
    Vou dar uma ajudazinha… segun…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*