Ricardo Gomes repete aproveitamento do Botafogo e São Paulo fica a perigo

Semifinalista da Copa Libertadores da América e agora comandante da seleção argentina, Edgardo Bauza tinha como ressalva em seu trabalho no São Paulo o baixo aproveitamento de pontos. No Campeonato Brasileiro, por exemplo, fez apenas 42,59%. Mas o que era uma situação criticada se tornou algo crítico desde a chegada de Ricardo Gomes.

Para contratá-lo do Botafogo, o clube tricolor pensou no título da Série B de 2015, no vice em 2016 no Campeonato Carioca e na elogiada organização. Os pontos positivos prevaleceram sobre o aproveitamento baixo de 37,04% no Brasileirão, suficientes para que os alvinegros ficassem oito rodadas na zona de rebaixamento no primeiro turno.

Agora, com os 37,04% repetidos nos dez primeiros jogos disputados na Série A pelo time paulista, a zona da degola está a apenas três pontos e duas equipes de distância. O aproveitamento de Ricardo é menor do que o do Internacional, 17º colocado: 37,9%. E a situação só não ficou mais crítica porque o ex-clube do treinador apareceu para dar ajuda providencial aos são-paulinos.

No último domingo, o Botafogo visitou o Figueirense, então 18º lugar, no Orlando Scarpelli. Se perdesse, a distância do São Paulo para a zona de rebaixamento seria de dois pontos, justo para os catarinenses. Nos acréscimos, porém, Bruno Silva marcou e os cariocas venceram por 1 a 0 para chegar à sétima posição e à oitava vitória sob o comando de Jair Ventura.

O botafoguense era auxiliar de Ricardo, foi interino no primeiro jogo sem o mentor e efetivado na abertura do segundo turno, diante do próprio time tricolor. Venceu por 1 a 0 no Morumbi e já soma 72,2% de aproveitamento, uma marca que levaria o clube à liderança do Brasileirão – o líder Palmeiras tem 68,9% após derrotar o lanterna América-MG.

A análise são-paulina, porém, é de que Ricardo tem feito trabalho digno. Reconhecem e culpam a própria atuação desequilibrada na janela de transferências do meio do ano, que fragilizou o ataque do time. E há ainda um alento: se o aproveitamento do técnico for mantido, serão mais dez pontos somados até a 38ª rodada, resultando em 46 pontos, marca com a qual nenhum time foi rebaixado desde que o Brasileirão passou a ser disputado por 20 clubes e em pontos corridos, em 2006.

Fonte: Lance

6 comentários em “Ricardo Gomes repete aproveitamento do Botafogo e São Paulo fica a perigo

  1. Pessoal veja que situação chegamos, estamos a 03 pontos do 17º colocado, os dois proximos jogos serão cruciais, Santos quinta e em seguida Fluminense no RIo, se quiser continuar na Serie A tem que ganhar os dois jogos, ou na pior das hipoteses fazer 04 pontos nos dois jogos, caso contrario a vaca vai para o brejo.
    Não acredito que se perder os dois jogos teremos salvação.
    Parabens a toda diretoria do São Paulo FC, nos igualou a Palmeiras e Corinthians.

  2. RG é bom sujeito… e só! E ainda, sofre com as sequelas do AVC. Ser treinador de futebol exige SAÚDE, posto que a carga emocional é enorme. A diretoria errou feio ao contrata-lo e pode pagar caro por isso. Existem duas vagas em aberto no caminho da serie B. América e Santinha já foram. Ficam essas duas vagas para serem distribuídas entre Figueira, Inter, Cruzeiro, Sport, Vitória, Curitiba e nós…. façam suas apostas.

  3. “Nenhum time caiu com essa pontuação…” Em algum momento pode acontecer.
    Acontece que o tricolor há muito vem em queda livre: teve um “soluço”, quando venceu dois jogos seguidos e já começaram a falar em G4, tentando desviar o foco que era, primeiro, deixar essa zona tribulada. Não acredito que com o Ricardo Gomes o São Paulo sai fácil dessa situação. Pode até sair, mas vai ser sofrido demais e vai depender muito mais dos outros times que estão abaixo do que de seu próprio desempenho (como aconteceu nesta última rodada). Se alguém lá de dentro tivesse um pouco de bom senso pensaria: “sem tanta pressão o cara conquistou pouco mais de 37% dos pontos disputados; e sob o estresse de jogar à beira do abismo, quanto vai conseguir, fazendo as coisas do mesmo jeito, com os mesmos jogadores?”.
    Se não for para ganhar do Santos, na quinta, tomara que tome uma goleada para ver se, assim, alguém toma alguma providência!!!

  4. Mais uma cagada dessa diretoria que como diz um dos titulos do PP, o sao paulo esta fazendo uma força inimaginavel para cair, contratou um treinador que ja nao teve uma boa passagem por aqui nao estava muito bem no botafogo, tudo isso para que, sera que ja é pensando na segundona, pois ja temos varios jogadores nivel de segunda divisao e estao jogando como se fosse segunda divisao e agora um treinador do nivel.
    Quer dizer nao faltava mais nada para o sao paulo, alem de nao ganhar nada que preste a muito tempo e ainda vai cair para segunda divisao.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*