Rhodolfo é suspenso por um jogo, mas mesmo assim está liberado

Rhodolfo estará em campo na noite desta quinta-feira, dia 17 de outubro, quando o São Paulo encara o Atlético/GO, no Morumbi, porém, teve que ser defendido no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), minutos antes deste jogo, por expulsão diante do Coritiba. E em sessão da Quinta Comissão Disciplinar, o zagueiro foi suspenso por uma partida, por maioria de votos. Porém, como já cumpriu a automática pela expulsão, está liberado para jogar normalmente.

Coritiba e São Paulo se enfrentaram no dia 30 de setembro, em partida no estádio Couto Pereira, e que terminou empatada por 1 a 1. Leandro Pedro Vuaden, que apitou o jogo, relatou na súmula que, aos 32 minutos do segundo tempo, expulsou em virtude do segundo cartão amarelo o jogador Rhodolfo, do time paulista, por praticar um carrinho “de forma temerária” contra as pernas de seu adversário Gil.

A Procuradoria do STJD enquadrou Rhodolfo no artigo 254 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, acusado de “praticar jogada violenta”. Como já cumpriu a suspensão automática ficando fora do clássico com o Palmeiras, Rhodolfo, mesmo punido, pode seguir em campo normalmente.

Nesta noite, o advogado Carlos Theotonio defendeu o jogador. “A denúncia diz que o atleta praticou um carrinho de forma temerária atingindo as pernas do adversário. O carrinho foi na bola. Pode até ter sido de forma excessiva, mas não foi nas pernas do adversário. Se fosse, tenho certeza que o árbitro o expulsaria com o vermelho direto. Creio que o atleta foi injustiçado. No primeiro lance, não foi falta. O adversário pulou pela bola e fez o teatro, que lamentavelmente tem se tornado comum no futebol. Peço a absolvição do atleta”, disse, tendo antes apresentado os lances através de vídeo.

Apesar de o relator Vitor Butruce votar pela absolvição do zagueiro do São Paulo, os demais auditores entenderam que houve infração e suspenderam de forma mínima o jogador Rhodolfo.

Com 52 pontos e atualmente ocupando a quarta vaga do G4, o São Paulo entra em campo nesta noite com a missão de diminuir a diferença de pontos para os líderes, que já atuaram na noite da última quarta feira. Fluminense, Grêmio e Atlético/MG empataram e somaram apenas um ponto.

Fonte: Site Justiça Desportiva – Foto: Vipcomm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*