Retrospecto do Brasileiro dá confiança ao São Paulo

O São Paulo tem bons motivos para acreditar na classificação para as oitavas de final da Copa Sul-Americana. Depois de perder para o Colón, em pleno Morumbi, por 1 a 0, o Tricolor precisa vencer por dois gols ou mais de diferença para despachar os argentinos e seguir vivo no torneio continental. Nas duas últimas vezes que atuou longe de casa nesta temporada, o time de Aguirre conquistou os resultados que precisa.

Melhor visitante do Brasileirão, o São Paulo acostumou-se a surpreender seus adversários como visitante. Contra o Sport, no último fim de semana, o Tricolor venceu, por 3 a 1. Já diante do Cruzeiro, a equipe não sentiu a pressão de jogar em pleno Mineirão e derrotou a Raposa, por 2 a 0. Ambos os resultados, se repetidos diante do Colón, classificarão o Tricolor na próxima quinta.

Embora o técnico Diego Aguirre tenha demorado um pouco para conquistar números expressivos como visitante sob o comando do Tricolor – desde março, quando assumiu, foram 14 partidas longe do Morumbi, com 5 vitórias, 4 empates e 5 derrotas – , o aproveitamento recente precisa ser levado em conta.

– Teremos que fazer um bom jogo, com personalidade. Acreditar nas nossas forças. Sinto sinceramente que é possível, não é tão difícil. O time vai com confiança. Estamos bem. Vamos respeitar o rival, mas sinto que podemos passar a de fase e esse é o nosso objetivo – cravou o treinador, que acredita na virada de sua equipe na Argentina.

Como na Copa Sul-Americana há o critério do gol marcado fora de casa, qualquer triunfo são-paulino por um gol de diferença (com exceção do 1×0, que leva o confronto para os pênaltis) dá a classificação para o Tricolor. Em caso de empate ou vitória do Colón, a vaga nas oitavas de final ficará com os argentinos. É mais uma chance para o atual elenco do São Paulo demonstrar sua força na temporada e brigar para retomar o protagonismo de outrora.

 

Fonte: Lance

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*