Recuperado fisicamente, Cueva tem missão de comandar São Paulo

Cueva é o homem de criação do setor ofensivo do São Paulo. Todas as jogadas passam pelos seus pés. Na temporada, já deu quatro assistências e é o segundo maior garçom da equipe (atrás apenas de Luiz Araújo, que tem cinco passes para gols).

Mas o torcedor do São Paulo está com saudade de uma grande atuação do meia, que tem presença garantida na partida desta quinta-feira, contra o Defensa y Justicia, no Morumbi, às 21h45, pela Copa Sul-Americana.

O último momento de destaque foi há praticamente dois meses. Foi no dia 15 de março, no empate por 1 a 1 com o ABC, em Natal, pela Copa do Brasil. No jogo seguinte, contra o Ituano, pelo Campeonato Paulista, ele balançou novamente as redes adversárias. Na sequência, o atleta viajou para defender a seleção peruana e sofreu uma lesão na coxa que o deixou parado por 17 dias. E sua ausência fez a equipe do Morumbi perder o rumo.

Cueva está 100% fisicamente para ajudar o São Paulo a se classificar na Sul-Americana (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

Cueva está 100% fisicamente para ajudar o São Paulo a se classificar na Sul-Americana (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)

O prazo de recuperação estimado para o retorno era de três semanas. Mas a derrota no jogo de ida para o Cruzeiro para a Copa do Brasil, no Morumbi, e o fato da equipe ter na sequência o confronto diante do Corinthians, pelo Paulista, também em casa, fizeram a comissão técnica apressar a volta do peruano.

Nos dias 10 e 11 de abril, ele trabalhou com os fisioterapeutas no gramado. No dia 12, passou para a preparação física. No dia 14, trabalhou com bola com os companheiros pela primeira vez. No dia seguinte, treinou novamente e foi relacionado para o Majestoso.

Mas o rendimento não foi bom. Sem estar bem preparado fisicamente, Cueva sentiu a falta de ritmo de jogo e não foi nem sombra do jogador que já brilhou em vários momentos na temporada. Nos jogos seguintes, contra Cruzeiro e novamente contra o Corinthians, ele também não foi bem. Tanto que acabou substituído por Thomaz nos dois.

Agora, a situação é diferente. Cueva teve 13 dias de treinos para aprimorar sua forma física. O técnico Rogério Ceni havia dito em uma de suas coletivas que vários atletas fariam um trabalho diferenciado porque estavam abaixo dos companheiros. O camisa 10 agora está voando e pronto para ajudar o São Paulo a conseguir a classificação na Copa Sul-Americana.

O peruano, que recentemente renovou seu contrato, já deixou claro que no futuro pensa em retornar para o futebol europeu. Mas isso só acontecerá após conquistar um título pela equipe do Morumbi.

– Quem me contratou foi um clube grande, o São Paulo, que confia no meu potencial e no do grupo. Como retribuir? Ganhar um título é a melhor maneira. Eu me apaixonei pelo São Paulo, porque me sinto em casa. Dou meu melhor como dou pela minha família e quero dar o melhor por essa família que é o São Paulo – afirmou.

O posicionamento de Cueva contra os argentinos, nesta quinta-feira, é um mistério. Ele pode jogar mais recuado, como meia-armador, ou aberto pelo lado esquerdo do ataque.

Veja as informações da partida contra o Defensa y Justicia:

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo
Data e horário: quinta-feira, às 21h45 (de Brasília)
Escalação provável do São Paulo: Renan Ribeiro; Bruno, Lucão, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Neilton (Thomaz, Luiz Araújo ou Gilberto), Lucas Pratto e Cueva
Desfalques do São Paulo: Wellington Nem, Wesley e Morato (machucados), Maicon e Buffarini (suspensos), Araruna (aprimora a forma física após se recuperar de lesão muscular na coxa esquerda), Sidão e Marcinho (não está inscrito na competição)
Não relacionados: Lugano, Chavez, Breno, Wellington, Shaylon, Lucas Fernandes e Lucas Perri (opção da comissão técnica)
Escalação provável da Defensa y Justicia: Arias; Silva, Bareiro e Barboza; Delgado, Rivero, Gutierrez, Miranda e Castellani; Bouzat e Stefanelli
Desfalques do Defensa y Justicia: nenhum
Arbitragem: Ulises Mereles, auxiliado por Roberto Cañete e Dario Gaona, todos do Paraguai

Fonte: Globo Esporte

2 comentários em “Recuperado fisicamente, Cueva tem missão de comandar São Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*