Raí quer autocrítica após derrota e diz: “Temos que saber reagir”

O diretor executivo de futebol do São Paulo, Raí, concedeu entrevista passada a derrota por 2 a 0 para o Palmeiras, neste sábado, no Morumbi, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o dirigente tricolor, o elenco precisa fazer uma autocrítica por conta da queda de desempenho neste segundo turno e reagir, já que o título ainda não está perdido.

“Temos que fazer uma autocrítica e reagir, reagir rápido. O São Paulo ainda está a quatro pontos do líder, o que a gente fez até aqui tem muito mérito, mas tem que saber o momento de fazer autocrítica, análise. O grupo, o time, a comissão técnica. Temos que saber reagir”, disse Raí.

Em nove jogos neste segundo turno, o São Paulo conquistou cinco empates, duas vitórias e duas derrotas. É bem verdade que desde a primeira rodada do returno, Diego Aguirre não consegue colocar em campo o time ideal, ora por lesões, ora por cartões amarelos.

“O São Paulo caiu nos últimos jogos. Esse acho que foi atípico. Não foi só jogar mal, o time não reagiu. Nos outros jogos em que a gente caiu de produção, o time reagiu e até merecia ganhar. Merecíamos ganhar aqui com o América-MG mesmo não jogando tão bem, contra o Botafogo tivemos chances de ganhar. Acho que hoje foi o jogo em que o time realmente esteve bem abaixo da média do Brasileirão”, prosseguiu o diretor de futebol são-paulino.

“Uma coisa óbvia é que o São Paulo ficou muito visado, tivemos vários desfalques também. Junta-se as duas coisas. Os times vêm conhecendo melhor o São Paulo, além dos desfalques. Acho que são os motivos maiores. Os jogadores estão voltando e vamos trabalhar para sair disso”, completou.

Apesar da derrota, Raí não esqueceu da torcida, que mais uma vez lotou o Morumbi. Neste sábado, o São Paulo jogou diante de mais de 58 mil torcedores, o que foi enaltecido pelo dirigente.

“Temos um grupo maduro, que sabe lidar com o momento difícil e tenho certeza que vai reagir. Quero agradecer a torcida, que compareceu em massa mais uma vez, e garantir para ela que esse time vai reagir”, concluiu.

3 comentários em “Raí quer autocrítica após derrota e diz: “Temos que saber reagir”

  1. Rai, vou aproveitar suas próprias palavras para abrir seus olhos de vez:
    O problema é que o time titular do S.Paulo é maduro demais! Tanto que já passou do ponto e hoje não reage com intensidade suficiente para disputar qualquer jogo. Outra coisa: olho no trabalho do Aguirre, que me parece formador de grupinhos em detrimento da coletividade; enquanto ele não tinha grupo e colocava os que melhor treinavam, o time foi indo com todos dando o máximo de si e colaborando na expectativa de chegar a vez de cada um. Hoje já dá para ver que o trenero não tem mais o mesmo grupo, por proteção demasiada a alguns atletas em detrimento de outros.
    No planejamento para o ano que vem é bom ir discutindo um novo nome para dirigir a equipe; principalmente, se chegar a classificar para a Libertadores, coisa que, eu pessoalmente, temo!!!

  2. Nao sei que São Paulo vc tem visto jogar desde o inicio do 2o turno, time apático, nao reage, joga muito mal muito mal escalado, tem uma semana para treinar e não vemos nada de produtivo, a sorte tem nos ajudado muito pq senao ja estaríamos em 5o e logo estaremos em 6o.
    Ou ganho do inter ou as coisas vao complicar mais ainda, Rai e sua trupe acorde e pressione esse arremedo de treinador e os jogadores.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*