‘Quem quiser espetáculo, não veja o futebol brasileiro’, dispara Leão

Com alívio. Foi dessa maneira que o técnico Emerson Leão encarou a vitória do São Paulo sobre o Coritiba por 1 a 0, na noite desta quinta-feira, no estádio do Morumbi. O treinador reconheceu que sua equipe não fez uma grande partida, mas mandou um recado aos críticos: no momento, o que mais vale é vencer e conquistar a vaga na decisão da Copa do Brasil, independentemente da qualidade do futebol.

– Quem quiser beleza, não venha assistir ao futebol brasileiro, que não estamos dando espetáculo. O Coritiba é uma equipe muito difícil de ser batida e sabe de sua capacidade. Em um dia que tudo conspirava contra, com direito a uma expulsão desagradável, poderíamos ter feito 3 a 0, o que seria injusto com o Coritiba. Mas, no segundo tempo, arriscamos porque os 40 mil torcedores mereciam isso. E fomos premiados com uma jogada do jogador que estava mais cansado em campo. Pelo que foi o jogo, foi um resultado ótimo – afirmou o treinador.

Leão ironizou o grito de raça que ecoou nas arquibancadas do Morumbi na metade do segundo tempo.

– É fácil compreender o pedido da torcida, o outro time estava sendo superior dentro da nossa casa. Mas, antes da raça, é preciso ter inteligência, e ela manda não se arriscar com dez e deixar o adversário dar uma brecha, que foi o que aconteceu. Jogamos no contra-ataque, não tenho vergonha de admitir. Mas, nos cinco minutos finais, quando precisava agredir, coloquei um atacante no lugar do lateral. Isso é uma maneira de provocar e às vezes, dá resultado – disse.

O treinador prevê um jogo com característica diferente na próxima quarta-feira, no estádio Couto Pereira, na capital paranaense.

– Aqui eles atacaram em bloco, lá eles também vão usar as individualidades. E isso fará com que sobrem espaços para nós – finalizou.

Fonte: Globo Esporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*