Próximo do retorno, Wellington não esconde felicidade

Recuperando-se de uma lesão no joelho esquerdo, o volante Wellington voltou, na manhã desta terça-feira, a treinar com bola pela primeira vez desde que se lesionou durante um treino ainda em fevereiro deste ano.

Feliz com o progresso no processo de recuperação, o camisa 5 não esconde a felicidade por se aproximar do retorno à equipe tricolor.

– A alegria de voltar a treinar com bola foi imensa. Foram meses de bastante esforço, sofrimento, mas a vontade superou tudo. Fico feliz por fazer o que mais gosto novamente. Já estava com saudades de participar com os companheiros, trabalhar normalmente. Agora é continuar respeitando o tempo para estar à disposição do professor Ney Franco quando toda comissão avaliar que estou pronto – disse o volante.

Nesses quase seis meses em que ficou realizando trabalho no Reffis, Wellington contou com a companhia do capitão Rogério Ceni, que também se recuperava de uma séria lesão, no ombro direito.

Volante e goleiro chegaram inclusive a fazer – junto também do argentino Cañete – uma aposta para ver quem voltava aos gramados primeiro. O camisa 01 venceu e já está de volta, mas Wellington lembra com carinho das “aulas” dadas pelo ídolo são-paulino durante o difícil período.

– Aprendi ainda mais com o Rogério, que ficou um tempo comigo, e me motivava a cada exercício. Com ele ao lado, tive ainda mais vontade de trabalhar e vencer. Foi um exemplo. Também tenho que agradecer o apoio de todos médicos, fisioterapeutas, preparadores físicos, todas as pessoas do clube que me apoiaram demais – completou o atleta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*