Problemas fazem Morumbi ter público menor do que carga vendida

Os inúmeros problemas decorrentes da troca na operadora de bilheteria levaram o São Paulo ter um público muito pequeno na quarta-feira. Apenas 16.689 pessoas assistiram à vitória por 4 a 0 sobre o uruguaio Danubio. O número é menor do que a carga de ingressos que o clube havia informado ter sido vendida (17 mil).

As complicações começaram na semana passada, quando a Total Acesso, empresa que fazia a operação, deu lugar à Smartmove. Muitos torcedores tiveram dificuldades desde o cadastro até o momento de adquirir as entradas pela Internet. Houve reclamações ainda de pagamentos debitados por engano e impossibilidade de finalizar a compra.

Durante toda a quarta-feira, as dificuldades se estenderam também para as bilheterias. Tanto por falta de informação – alguns são-paulinos desavisados não sabiam que o pagamento só poderia ser feito em dinheiro e não tinham o valor (R$ 120 para o bilhete mais barato) em mãos – quanto em função da necessidade de trocar o voucher para ingressos comprados pelo site.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Público foi muito pequeno para Copa Libertadores: apenas 16.689 pessoas ao todo estiveram presentes

Apesar de exaltar a nova parceria com a Smartmpove, empresa portuguesa que ofereceu serviços de bilheteria em alguns estádios da Copa do Mundo, a diretoria reconheceu as falhas na substituição e prometeu esforços para normalizar o serviço em março, quando a equipe voltará a jogar como mandante na Copa Libertadores e no Campeonato Paulista.

O próximo jogo no Morumbi, no dia 8, será um clássico contra o Corinthians, pela competição estadual. A expectativa dos dirigentes é de que ao menos parte dos problemas já estejam sanados até lá e que o público seja bem melhor do que o de quarta-feira, quando somente 26% da carga total de ingressos foi comercializada, com renda de R$ R$ 1.107.468,27.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*