Preocupado com Fred e até banco do Flu, São Paulo aprova empate fora

O São Paulo acumulou três vitórias contra um Flamengo em má fase e Bahia (este pela Sul-americana) e Sport, que lutam contra o rebaixamento no Brasileiro. Para embalar e ter chances de entrar na zona de classificação da Libertadores, o time terá que mostrar força nesta quinta-feira contra o Fluminense, em São Januário. Mas está tão preocupado com o rival que se contentará mesmo com a soma de só um ponto.

“O empate vai ser bem recebido, mas pensamos em vitórias sempre”, admitiu Douglas, repetindo a ideia de Ney Franco, que cobra sempre um aproveitamento perto dos 100% no Morumbi – e no domingo há outro confronto direto pelo G-4, mas em casa, contra o Grêmio, que está em quarto lugar.

“Nossa equipe vem de um grande embalo com três vitórias, temos que estar focados em nosso objetivo e buscar os três pontos que precisamos para chegar ao G-4”, ressaltou o lateral direito sobre o duelo no Rio de Janeiro.

Luiz Pires/VIPCOMM

Rafael Toloi recomenda que o artilheiro Fred seja marcado sempre de perto para não ter chance de finalizar

Mas existe um respeito claro ao adversário desta quinta-feira. O Tricolor carioca ocupa a terceira colocação do Brasileiro com quatro pontos a mais do que os comandados de Ney Franco, hoje donos da sexta posição. E os destaques, na opinião do time do Morumbi, não se limitam ao centroavante Fred, um dos artilheiros do torneio com sete gols – assim como Luis Fabiano, está atrás só de Alecsandro, do Vasco, que tem oito.

 

“O plantel deles tem jogadores de alta qualidade. Se sai o Thiago Neves, entra o Wagner, por exemplo”, opinou Denilson, deixando claro, porém, o alerta com Fred. “Precisamos de inteligência, não vamos jogar contra qualquer equipe. O Fred é um artilheiro, um verdadeiro matador. Temos que tomar cuidado com ele e outros jogadores”, indicou.

Rafael Toloi, que deve encará-lo individualmente muitas vezes, tem a receita. “O Fred é um jogador experiente, usa bem o corpo, fica dentro da área. Precisa ser marcado de perto. Estamos em um bom momento ali na parte defensiva, então é importante não dar espaço para ele finalizar, tem muita qualidade na finalização. Devemos estar atentos”, pediu o zagueiro.

Independentemente da força do adversário, contudo, Denilson ressalta que é possível vencer o Fluminense. “Nosso plantel também tem qualidade. Independentemente disso, somos o São Paulo, com jogadores de alta qualidade e totais condições de ir para lá e buscar os três pontos”, disse o volante.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*