Prata em 1984, Milton Cruz dá dicas a são-paulinos sonhando com ouro

Lucas e Bruno Uvini desembarcam em Londres nesta terça-feira com um incentivo especial para levar o futebol brasileiro à inédita conquista olímpica. O coordenador técnico do São Paulo Milton Cruz disputou os Jogos sw1984 e voltou de Los Angeles, nos Estados Unidos, com a medalha de prata. E tratou de motivar os garotos.

“Uma coisa é Copa do Mundo, outra são asOlimpíadas. Eles não sabem a dimensão do que são as Olimpíadas”, disse Milton Cruz, que bateu papo também com atletas pré-convocados do São Paulo e que acabaram cortados da lista final. “Disse a eles que disputar as Olimpíadas é a coisa mais maravilhosa que existe.”

Como atacante, o hoje coordenador técnico, que está bem próximo de anunciar sua ida para a CBF para comandar as categorias de base da Seleção Brasileira, nunca disputou uma Copa do Mundo, mas foi às Olimpíadas de Los Angeles porque atuou no Internacional que foi a base do Brasil que representou o futebol no torneio de 28 anos atrás.

SPFC – Site Oficial

Milton Cruz exibe para Lucas o uniforme e a prata olímpica da Seleção Brasileira nas Olimpíadas de 1984

Por mais de um mês, Milton Cruz desfilou no CT da Barra Funda com o uniforme usado naquela competição e a medalha de prata que colocou no peito pela primeira vez em 1984. Hoje, a derrota para a França por 2 a 0 na decisão olímpica nos Estados Unidos já nem parece doer tanto.

“Espero que (Lucas e Bruno Uvini) possam voltar com o ouro. Infelizmente, bati na trave, perdemos para a França. Mas ganhamos uma prata, uma medalha da qual tenho muito orgulho. Antes, não era valorizada aqui no País. E agora é. Na verdade, no mundo inteiro a medalha olímpica é muito valorizada”, apontou.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*