Por semi, SP de Bauza busca fazer o que ainda não conseguiu: vencer fora

A não ser que tenha traçado um inesperado planejamento de empatar e vencer nos pênaltis, o São Paulo se prepara para avançar às semifinais do Paulistão a partir de um feito que ainda não conseguiu sob o comando de Edgardo Bauza: vencer fora de casa. Neste domingo, às 18h30, o time vai a Osasco para enfrentar o Audax pelas quartas de final do estadual.

Foram sete empates e três derrotas do time de Bauza quando atuou como visitante em 2016. Houve empates considerados bons resultados, como contra o Santos e também contra o River Plate, na Argentina – este pela Copa Libertadores. No entanto, outros resultados como visitante foram alvos de críticas: o empate contra o Trujillanos, na Venezuela, e a derrota para o São Bento, na última rodada do estadual, principalmente.

O jogo contra o Audax é considerado importante dentro do São Paulo apesar da clara prioridade pela classificação às oitavas de final na Libertadores. Depois de ter indicado que iria poupar alguns jogadores neste domingo, após o treino de sexta-feira comentou-se no CT da Barra Funda que a tendência é que o time vá completo para as quartas de final e que não haverá poupados.

O mais provável é que Diego Lugano seja a única mudança pretendida. Na sexta-feira, Bauza fez treino tático apenas para a defesa e treinou com Lugano ao lado de Rodrigo Caio – Maicon entrou apenas na segunda parte. O experiente zagueiro uruguaio ficou no banco de reservas na vitória por 2 a 1 sobre o River Plate, na quarta-feira.

Além de Lugano, Bauza se viu obrigado a incluir Thiago Mendes no time. O volante deverá ocupar a vaga de João Schmidt, que teve a boa sequência como titular atrapalhada por uma entorse no joelho direito – o São Paulo espera que ele fique fora dos campos por até duas semanas. Assim, o Tricolor deverá entrar em campo em Osasco com: Denis; Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Mena; Hudson e Thiago Mendes; Kelvin, Ganso e Michel Bastos; Calleri.

A comissão técnica do São Paulo tem preocupação especial com a próxima semana para o elenco. Depois do jogo contra o River e da partida deste domingo, o time viajará à Bolívia para enfrentar o The Strongest na altitude de La Paz.

Por determinação da comissão, a delegação vai apenas na véspera do jogo e com o mínimo de antecedência possível. Chega em Santa Cruz de La Sierra e só na quinta-feira, horas antes do jogo, voa para La Paz. A preocupação está no desgasta causado pelo jogo decisivo na altitude – o São Paulo precisa empatar, pelo menos, para ir às oitavas de final – e na sequência de uma eventual semifinal do Paulistão. Se passar do Audax, a combinação mais provável de resultados indica que o São Paulo enfrentaria o Corinthians em Itaquera.

FICHA TÉCNICA

AUDAX x SÃO PAULO 

Data: 17/04/2016
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Competição: Campeonato Paulista
Local: Estádio Pref. José Liberatti (SP)
Árbitro: Jose Claudio Rocha Filho
Auxiliares: Daniel Paulo Ziolli e Risser Jarussi Corrêa

AUDAX
Sidão; Francis, André Castro, Bruno Silva e Velicka; Camacho, Tchê Tchê e Juninho; Mike, Bruno Paulo e Ytalo. Treinador: Fernando Diniz

SÃO PAULO
Denis; Bruno, Lugano, Rodrigo Caio e Mena; Hudson e Thiago Mendes; Kelvin, Ganso e Michel Bastos; Calleri. Treinador: Edgardo Bauza

Fonte: Uol

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*