Placar elástico ainda não define vaga, dizem jogadores são-paulinos

A vitória por 3 a 0 diante do Vasco, nesta quarta-feira, no Morumbi, não foi suficiente para os jogadores do São Paulo cravarem a classificação do time às semifinais da Copa do Brasil. Na saída de campo, os atletas disseram que a partida de volta, no Rio de Janeiro, terá a mesma importância que o duelo vencido nos domínios tricolores. O segundo confronto com o Cruz-Maltino está marcado para a próxima quarta-feira.

“[A vitória] nos deixa tranquilos, mas isso não quer dizer que no jogo da volta não precisaremos mostrar as mesmas coisas que fizemos hoje. De qualquer forma, o time está de parabéns. O resultado nos ajuda a alcançar o objetivo de chegar mais próximo do título”, afirmou Michel Bastos. “Não tem nada definido, pois temos uma segunda partida pela frente. Agora precisamos descansar para pensar no próximo jogo”, concordou o meia Paulo Henrique Ganso.

Alexandre Pato, autor de dois gols contra o Vasco, procurou destacar que já está de olho no clássico contra o Palmeiras, válido pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. “Temos um clássico no fim de semana e espero que a torcida nos apoie de novo e não critique o time”.

Para o duelo com o Verdão, marcado para este domingo, Pato espera que o São Paulo entre em campo com a mesma determinação que marcou o time no duelo da Copa do Brasil. “O clássico é outro jogo, é diferente de todos. Trata-se de um campeonato à parte. É importante entrarmos com a mesma cabeça que mostramos hoje. Temos de explorar nossa parte ofensiva e apertar o time deles lá em cima para fazer o resultado”, concluiu.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Um comentário em “Placar elástico ainda não define vaga, dizem jogadores são-paulinos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*