Perto de reestreia, Lugano trabalha ao lado de Maicon em treino de reservas

No dia seguinte à derrota por 1 a 0 para o Strongest, na estreia da fase de grupos da Libertadores, o São Paulo se reapresentou com uma atividade leve e sem exigir muito do grupo de jogadores. A novidade ficou por conta do zagueiro Maicon, que realizou o primeiro treino no gramado e mostrou ter condições físicas de atuar pelo clube. Diego Lugano, que poderá reestrear nesse final de semana, também trabalhou no campo. Aos titulares ficaram reservadas apenas atividades de recuperação da forma física.

Antes de liberar o acesso da imprensa ao CCT da Barra Funda, o técnico Edgardo Bauza reuniu todo o elenco do Tricolor em um dos gramados para uma conversa. A reunião, que não contava com a presença de dirigentes, teve de ser interrompida após um temporal atingir a cidade de São Paulo e obrigar os atletas a buscarem refúgio nas dependências internas. É possível que Bauza tenha dado sequência ao papo enquanto o grupo se protegia da chuva.

Com a trégua da tempestade, os reservas foram a campo para disputar uma partida de golzinho em campo reduzido. Entre eles estavam o recém-contratado Maicon e o ídolo Diego Lugano. O primeiro chegou por empréstimo do Porto e ficará seis meses no clube tricolor. Ele foi inscrito na Libertadores e poderá reforçar a equipe na sequência do Paulistão. Já Lugano trabalha para ficar pronto a tempo do duelo de domingo, contra o Rio Claro, no Pacaembu.

Após o jogo contra o Strongest, Bauza elogiou a evolução física apresentada pelo uruguaio e disse contar com o zagueiro para a lista de relacionados ao duelo. “Vamos ver como ele se sente. Se ele mantiver a evolução mostrada até agora, creio que é muito provável que na próxima partida ele esteja entre os convocados. Depois veremos se ele jogará”, afirmou.

Maicon trabalhou ao lado dos reservas do São Paulo em treino na tarde dessa quinta-feira (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Maicon trabalhou ao lado dos reservas do São Paulo em treino na tarde dessa quinta-feira (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Também trabalharam no gramado os atacantes Calleri, Rogério e Kieza. O trio entrou durante o segundo tempo da partida contra o Strongest, mas não ajudou o São Paulo a evitar a derrota. O meia-atacante Kelvin, que esteve ausente da lista de relacionados no jogo da Libertadores, não apareceu para treinar no gramado.

Ao lado dos outros goleiros, Denis fez um trabalho específico e foi o único titular a ir a campo. Os demais atletas do time principal ficaram na piscina para priorizar o recondicionamento físico.

O São Paulo voltará aos trabalhos na manhã de sexta-feira, em treino que será fechado para a imprensa. Uma nova atividade no sábado de manhã definirá o time que Bauza utilizará na partida contra o Rio Claro. Com quatro pontos e um jogo a menos, o Tricolor ocupa a terceira colocação no Grupo C do Paulista, atrás de Ferroviária e Audax-SP. Pela Libertadores, a equipe só volta a atuar no dia 10 de março, contra o River Plate, no estádio Monumental de Núñez.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*