Pato minimiza cobrança, ganha elogios de Muricy e deve ser mantido

O atacante Alexandre Pato foi titular do São Paulo diante do Criciúma, teve boas chances de fazer gols e não aproveitou, sendo cobrado pela torcida. No entanto, o atleta agradou ao técnico Muricy Ramalho e minimizou a cobrança que recebeu no estádio do Morumbi, na noite de sábado.

“O que me incomodou foi que eu errei. A torcidatem direito de gritar o que quiser, mas tenho de fazer o máximo pelo time. Infelizmente, tentei e a bola não entrou. Nos próximos jogos, vou tentar fazer o gol de novo. Sou jogador e aceito todas as cobranças, até mesmo da torcida. Mas a que vou escutar é do treinador e do time”, afirmou.

Os torcedores perderam a paciência com Alexandre Pato principalmente depois de duas chances desperdiçadas no empate por 1 a 1 contra o Criciúma, pelo Brasileirão. Assim, os são-paulinos gritaram o nome de Luis Fabiano, que está entregue ao departamento médico.

No entanto, se só aceita responder aos questionamentos de Muricy, Pato teve motivos para se preocupar recentemente, pois o treinador pediu para o atacante pensar mais no time. Neste sábado, o técnico enfim viu uma resposta do jogador, mesmo com as chances desperdiçadas, e admitiu que planeja colocá-lo novamente entre os titulares contra o Vitória, no domingo.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press

Alexandre Pato não conseguiu marcar gol e ouviu a torcida pedir Luis Fabiano, que está lesionado

“Ele está produzindo e não é uma questão de sorte, mas sim de ter mais tranquilidade para fazer os gols. Ele se mexeu, deu trabalho, criou e acho que foi o que mais finalizou, não dá para reclamar dele. Pelo que jogou hoje (sábado), deve iniciar contra o Vitória. Claro que teremos uma semana toda de treinamento, mas mostrou que quis mais. Isso é importante”, afirmou o comandante.

 

Muricy Ramalho gostou do esforço do atacante, que deu até carrinho, apesar de admitir que balançar a rede é muito importante para a posição. “Claro que tem de fazer o gol, não tem como. O Kardec não teve tantas oportunidades e marcou. Às vezes, o futebol é assim. Mas foi um dos melhores jogos dele aqui.”.

Pato, que emplacou sua segunda partida como titular depois de ter sido reserva de Ademilson, sabe que tinha de ter aproveitado suas chances no Morumbi e não entende como encontrou tanta dificuldade para balançar a rede do Criciúma.

“Eu tentei muito e trabalhei, mas, infelizmente, a bola não entrou. Acho que não era meu dia, porque busquei de tudo o que é jeito e não deu certo. Óbvio que ninguém fica feliz quando a bola não entra, mas não vou parar de tentar”, declarou.

Ainda sem ter conseguido se firmar no Morumbi, o jogador negou que saiba de alguma nova proposta do futebol italiano ao Corinthians, que é o dono de seus direitos. “Não sei sobre o mercado. Eu tenho só que fazer meu trabalho dentro de campo e deixo que Corinthians e São Paulo decidam fora”, completou o atacante, emprestado ao Tricolor até o fim de 2015.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

2 comentários em “Pato minimiza cobrança, ganha elogios de Muricy e deve ser mantido

  1. O Pato jogou bem contra o Criciúma. Estão sendo muito exigentes com o jogador. Ele se esforçou muito e fez uma bela partida. A substituição feita pelo Muricy foi lamentável, errada sob todos os aspectos, pois poderia ter tirado um volante.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*