Para Muricy, pressão sobre Dorival e crítica da torcida do SP é “normal”

Muricy Ramalho conhece como poucos os bastidores do São Paulo. Tricampeão brasileiro e ídolo da torcida, o ex-treinador já passou por momentos de glória e decepção no Tricolor. Com essa bagagem, ele encara com naturalidade a pressão sobre o amigo Dorival Júnior, que está ainda mais ameaçado no cargo após a derrota por 2 a 1 para o Ituano, na última quarta-feira.

“Em todo time que não conquista título no Brasil a cobrança é imediata, se você não ganhar vai ter pressão. O treinador tem de conviver e saber que é normal, que só ganhando não tem essa situação”, afirmou Muricy.

No ano passado, quando o São Paulo quebrou o recorde negativos de 14 rodadas na zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro, a torcida e parte da diretoria do clube clamavam pela contratação de Muricy como coordenador técnico do time. Na ocasião, o ex-treinador não quis romper o seu contrato de comentarista com o Sportv e passou a ser visto por muitos como uma espécie consultor informal do Tricolor. Neste ano, ele não chegou a conversar com Dorival ou com os dirigentes sobre a situação do time.

“Falava muito com ele [Dorival], mandava mensagens de força e tal, porque a coisa estava complicada. Fui para o CT para dar uma força moral, só isso. Só naquele momento que fui convidado. Até gostaria de ir aos jogos, mas não posso porque as pessoas me conhecem”, disse Muricy, que chegou a trabalhar com Dorival e incentivou o amigo no início de sua carreira como treinador.

“Porque eu gosto do Júnior, incentivo ele. Eu fui mais para fazer uma visita naquele dia. Não foi nada demais, era mas para trazer uma palavra especial. Fui treinador e sei o que eles sentem, e a palavra faria bem para ele naquela época”, completou Muricy.

Confira mais alguns trechos da conversa com Muricy Ramalho:

O que falta para o São Paulo em 2018?

Houve uma mudança de jogadores e o Dorival está procurando a maneira certa de o time jogar. Saíram grandes jogadores, como o Pratto e o Hernanes, chegaram outros. O começo demora um pouco mais. O treinador tem de conhecer o jogador e o jogador treinador.

Torcedor certo

Claro que as pessoas estão sem paciência porque o time não ganha. Não é uma cobrança de agora, é antiga, porque não vem a conquista em um gigante desse, sempre acostumado a ganhar, o torcedor fica inquieto, com razão,

Cobrança correta

O torcedor tem de cobrar diante das regras. Ir ao estádio vaiar, sem partir para o outro lado. Nós que estamos no futebol sabemos que vai acontecer isso. Desde que seja pacífica, como foi na madrugada de quinta (quando a torcida protestou na volta do time após a derrota para o Ituano), quando só vaiaram, é uma coisa natural. São muitos anos sem alegria e dirigente, técnico e  jogador têm de entender.

Dá para manter Nenê, Cueva e Diego Souza no time

Tem de estar no dia a dia para saber o trabalho do técnico. Para o bom jogador sempre dá para achar lugar. O Dorival está fazendo até achar o esquema ideal e não vejo problema de eles jogarem juntos.

Recado para Dorival

Faz tempo que não conversamos. Temos uma confraria de pessoas do futebol, que se encontra uma vez por mês, e lá a gente conversa. Mas quando tem jogo de quarta e domingo, jogador se machuca e o treinador não tem paz. Mas estou pensando em mandar uma mensagem de boa sorte para ele.

 

Fonte: Uol

Um comentário em “Para Muricy, pressão sobre Dorival e crítica da torcida do SP é “normal”

  1. CADA UM FALA O QUER,PRESSÃO É UMA COISA,LORIVAL JUNIOR TORNOU O S.PAULO NUMA TARTARUGA,O TIME TÁ DOENTE,SEM ESTRUTURA,SEM RÍTIMO,SEM PENETRAÇÃO OU PROFUNDIDADE,UM ENROSCO DE ATACANTES COM DEFESA,JÁ VIU,BOLA PELAS PERNAS DO RODRIGO CAIO,TERMINANDO NO CIDÃO,QUE BELEZA.O ARROZ COM FEIJÃO DO DIA A DIA,QUE O TÉCNICO ESQUECEU NA PRATELEIRA,ESTÁ MOFANDO DESDE 2017.MURICI UMA BELA COXINHA LÁ EM RECIFE QUE TAL,MAS DAR UMA PUCHADINHA NO SACO DO AMIGO DEIXA A GALERA TRICOLOR DE LUTO,PAS-ME !!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*