Para jogar clássico, zagueiro ‘celebra’ ida de P. Miranda à lateral

O São Paulo não terá o zagueiro Rhodolfo, suspenso, no clássico deste sábado, com o Palmeiras. Ainda em busca de um companheiro para Rafael Toloi, o técnico Ney Franco pode usar Edson Silva na partida, já que Paulo Miranda, que teoricamente seria o reserva imediato, tem sido titular, mas na lateral direita.

Já na expectativa de voltar ao time, que está a três pontos do Vasco, quarto colocado, o camisa 14 ‘comemorou’ a diminuição da concorrência pela titularidade na zaga tricolor. “Na teoria sim, tem menos concorrentes. Espero que se ele mantiver o Paulo na lateral e me escolher, eu possa entrar firme e forte, respeitando o Douglas, que também tem essa consciência de entender a opinião do treinador”, disse.

Dentro do elenco, o discurso é de respeitar a decisão de Ney Franco, independente de quem o comandante escolher para o jogo com o Verdão. “Pelo bem do grupo”, Edson Silva avisou que aceitará até se o chefe decidir mantê-lo no banco, para recolocar Paulo Miranda em sua posição de origem, dando nova chance para Douglas na lateral direita.

Djalma Vassão/Gazeta Press

Ainda sem saber se será titular, Edson Silva ‘comemorou’ a ida do rival Paulo Miranda para lateral

Antes titular absoluto no time paulista, o lateral direito contratado junto ao Goiás perdeu sua vaga nos últimos dois jogos do São Paulo, contra LDU de Loja, pela Copa Sul-americana, e contra o Coritiba, pelo Brasileiro. Segundo Ney Franco, a decisão se deu para reforçar o setor, diante da escolha pelo esquema de três atacantes. Vendo o bom desempenho do defensor improvisado, Douglas considerou ser justa a escolha do camisa 13.

 

“Aceito naturalmente. O Paulo é um jogador de qualidade sempre falei que ele tinha que jogar. Você vê o empenho dele nos treinamentos, acabou sendo escolhido e é uma ótima pessoa também, ajuda muito o grupo. Tenho que fazer minha parte para tentar retomar a minha vaga”, acrescentou.

Após o empate com o Coritiba, Ney Franco elogiou o agora lateral Paulo Miranda e preferiu não falar sobre o substituto de Rhodolfo. Diante do Palmeiras, às 16 horas (de Brasília) do sábado, o time deverá ter outras duas mudanças: as voltas dos então suspensos Denílson e Wellington, além do atacante Luis Fabiano, que está se recuperando de lesão na coxa direita.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*