Osorio usa seis garotos da base para completar treinamento do São Paulo

Juan Carlos Osorio não encontra facilidades para montar o time do São Paulo. Até mesmo nos treinamentos realizados no CT da Barra Funda o comandante tem dificuldade por conta dos dez desfalques e das oito saídas de jogadores do elenco. Assim, a solução encontrada nesta terça-feira foi convocar seis garotos da base para completar a atividade.

Os atacantes Joanderson e Murilo, o volante Jeferson, os meias-atacantes David Neres e Lucas Fernandes, e o lateral-direito Danilo treinaram com o elenco profissional, um dia antes do confronto com o Joinville, nesta quarta-feira, às 19h30, na Arena Joinville.

Osorio não poderá contar com os seguintes jogadores nesta partida: Rogério Ceni (músculo adutor da coxa direita), Luiz Eduardo (dores no joelho), Carlinhos (dores musculares) Lucão (trauma no tendão calcâneo direito), Breno (estiramento no músculo posterior da coxa esquerda), Luis Fabiano (estiramento no ligamento colateral medial do joelho direito), Hudson (suspenso), Alan Kardec (lesão no joelho), Denis (aprimora forma física) e Rodrigo Caio (seleção olímpica). Rogério, atacante ex-Vitória, não terá condições legais de estrear, pois o São Paulo ainda precisa pagar pelos 65% dos direitos econômicos.

Desde o início do trabalho do colombiano, saíram oito jogadores do elenco: Paulo Miranda, Denilson, Souza, Dória, Ewandro, Rafael Toloi, Cafu e Boschilia.

Com dez baixas, o possível time do Tricolor para pegar o Joinville é o seguinte: Renan Ribeiro; Bruno, Lyanco, Edson Silva e Reinaldo; Thiago Mendes, Wesley, Michel Bastos e Paulo Henrique Ganso; Wilder Guisao (Centurión) e Alexandre Pato.

 

Fonte: Globo Esporte

14 comentários em “Osorio usa seis garotos da base para completar treinamento do São Paulo

  1. 65% significa quanto em dinheiro?
    Sera que o São Paulo esta quebrado a esse ponto?
    Sera que é dificil fazer uma vaquinha na diretoria e pagar?

  2. O que não falta é torcedor de visão curta: “se firmou no São Paulo rapidamente”???
    Careca não se firmou no São Paulo rapidamente:Dario Pereyra idem; Pedro Rocha durou dois anos pra virar ídolo;José Poy no final dos anos 40 foi mal na estréia, foi afastado e depois eleito o melhor goleiro do tricolor de todos os tempos por longos anos; e olhem que estou falando dos jogadores que vieram de fora….
    Para a base dar certo é preciso trabalhar e “limpar” a base, para daqui a algum tempo isto começar a mudar.Mas o que ocorre é que o São Paulo despreza a base (Muricy era craque nisso enquanto treinador) e sempre contratou jogadores PIORES que os da base.Para se saber se a base dará certo, só botando em campo!Mas tem torcedor do São Paulo que quer jogador que faça um gol de placa a cada 10 minutos.Tem torcedor que se torce de inveja quando vê um Gabriel Jesus,que ninguém pode garantir que vai dar certo, mas que a imprensa, com a “mão molhada” , já trata de endeusar.Um colega de debate aqui neste espaço,logo aí abaixo, diz que a zaga é Calafrio e Arrepio? Tudo bem, mas Lyanco mal estreou e terá sua primeira chance real contra o Joinville.Custa esperar, ver o jogo (e também os próximos jogos) deste jogador e observar?Chamá-lo desde já de Calafrio ou Arrepio sem ele nem estrear, é até crueldade.

    • Ô João, talvez você não tenha entendido o que eu disse. Eu me referi a uma expectativa de que a garotada entre e mude a maré. Isso significa se firmar rapidamente, não é mesmo? Estou dizendo que casos assim são exceção. O normal é demorar mesmo.
      Concordo com você a respeito do Muricy. Ele reclamava da má formação dos atletas de base, mas era preguiçoso na tarefa de desenvolvê-los. É uma responsabilidade de todo o treinador. Só vi o Telê fazer isso até hoje.
      Quanto ao Lyanco, vamos ver amanhã. Desconfio que ele vai entrar numa fogueira.
      Um abraço.

  3. Caros,
    sem querer ser do contra e já sendo (mas com respeito), acho que os torcedores, não só os do São Paulo, acreditam demais que a salvação virá da base. Vamos a alguns fatos:
    – Qual grande revelação veio da base e se firmou no SPFC rapidamente? O elenco atual tem um jogador da base, Rodrigo Caio, que se não é ótimo pelo menos “tem mercado”. Ele já joga no profissional há uns três ou quatro anos. Não há motivos para achar que um menino vai chegar arrebentando. Casos assim são raros, reservados a cracaços. Tivemos apenas o Lucas recentemente.
    – Qual dos últimos promovidos convence a torcida? Lucão (que eu ainda acho que tem potencial) certamente ainda precisa evoluir muito. Auro? Jogou bem contra o Corinthians e entregou o jogo para o Flamengo. Ewandro? Ademilson? Bruno Uvini? Onde estão mesmo?
    – Alguém viu o Osorio falando do João Paulo semana passada? Eu vi e ouvi. O diagnóstico do colombiano: centroavante de área que não sabe cabecear é complicado. No dia seguinte, li que no treino de finalizações ele ficou atrás do Centurion (aff) e do João Schmidt (outro que nada). O Osorio pode estar redondamente enganado? Pode. Mas vamos combinar que ele vê o moleque treinar todo os dias. No desespero que o técnico está para encontrar um atacante, por que raios ele deixaria um menino bom de fora? Não faz sentido.
    – O fato é que a base do São Paulo (e de todos os times brasileiros) faz um trabalho muito fraco de formação de profissionais e, principalmente, de melhoria de fundamentos e de compreensão tática. Vi o Alex falando isso outro dia na ESPN. O moleque assina um contrato com time europeu e não sabe chutar direito!

    Enfim, torço muito para o São Paulo revelar talentos. Silas e Muller, Denilson e Rogerio, França e Dodô, Kaká e Julio Batista, Breno, Lucas construíram a história do Tricolor. Mas são caras que subiram e logo viraram titulares porque eram indiscutivelmente bons.
    As portas se abrem para os talentos. A necessidade abre portas. Mas no São Paulo ninguém passa…
    Desculpem o texto longo e que é um grande parêntesis do assunto principal: não tem time para entrar em campo amanhã…
    Saudações tricolores.

    • Entendo que revelar jogador bom não é uma ciência exata. Não depende só da escola revelar gênios. Existem os esforçados e existem os caras que nascem com isso, que está no DNA. Pode ser feito uma melhor peneira? Claro. Pode ser feito um trabalho melhor com empresários? Sim. Mas não se pode implantar futebol no DNA das pessoas.

      Abraços

  4. Dupla de zaga – Calafrio e Arrepio … Vai ser emoção do começo ao fim do jogo! Que Pato e Wilder estejam inspirados lá na frente…

  5. Quem sabe se assim, tendo necessidade dos meninos de Cotia, o Osorio percebe que eles não são piores que os estrangeiros do time, e lhes dê melhores chances.
    Contratar por contratar, experimentem a garotada nos jogos: quem sabe não descobrem algum novo Kaká que, quando procurado para jogar nos profissionais, era reserva na base…

  6. O que falta para esses meninos jogarem pela equipe profissional? Estão sem peças pq querem, se eu não me engano, o filho da puta do Aidar, fez uma redução no numero de jogadores em Cotia, mas acho q “sobraram” em torno de uns 180 a 150 meninos por lá. Ai eu pergunto, será q nenhum desses servem para o MEGA elenco dos profissionais? Eles acham q é melhor trazer essas merdas de fora, tipo: Luiz Eduardo, Wilder Guisao, o Osvaldo argentino(Centurion)

  7. Se proteger a zaga podemos sair de lá com pelo menos um empate…
    Edson Silva muito lento e este Lyanco me pareceu muito afoito no jogo contra a ponte…
    Quero ver tb o banco de reservas..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*