Osorio simula Chapecoense com estacas em último treino aberto

A dois dias da partida contra a Chapecoense, a segunda de Juan Carlos Osorio no comando do São Paulo, o técnico colombiano preparou mais um treino diferente para o elenco, na manhã desta quinta-feira. Fincou sete estacas (cobertas por colete) no gramado, simulando o desenho defensivo da equipe catarinense para ensaiar infiltrações e lançamentos.

Os lançamentos couberam aos zagueiros, que, do meio-campo, invertiam bolas de um lado a outro. Por dentro, as jogadas saíam de um volante único, que fazia a bola chegar até o ataque através dos meias. Todas as posições foram treinadas com duas opções – a função de pivô, por exemplo, foi ensaiada tanto por Luis Fabiano quanto por Alexandre Pato.

Em seguida, separou dois times, mas manteve dúvidas. A equipe de Rogério Ceni tinha ainda Bruno, Rafael Toloi, Dória e Reinaldo; Denilson; Souza e Carlinhos; Wesley, Cafu e Alexandre Pato. O outro time era composto por Renan Ribeiro; Hudson, Breno, Edson Silva e Matheus Reis; Rodrigo Caio; Thiago Mendes e Ganso; Michel Bastos, Centurión e Luis Fabiano.

Pelos nomes, é plausível deduzir que se tratava de um trabalho de ataque contra defesa. Assim, os possíveis titulares – com desenho tático no 4-2-3-1 ou losango no meio-campo – seriam Rogério Ceni, Bruno, Rafael Toloi, Dória, Reinaldo, Denilson, Souza (Thiago Mendes), Ganso, Michel Bastos, Centurión e Luis Fabiano.

Neste momento do treino, Osorio se irritou e soltou palavrões em espanhol e voz alta. Pouco depois, encerrou a atividade e conversou brevemente com Rogério Ceni e Milton Cruz, coordenador técnico e que estava à frente da equipe de forma interina antes de sua chegada. Foi o último trabalho com a presença da imprensa antes da partida. Nesta sexta-feira, ele fechará a preparação com os portões do CT da Barra Funda fechados.

O São Paulo ocupa a vice-liderança do Campeonato Brasileiro, com 13 pontos ganhos, dois a menos do que o Atlético-PR. Para o duelo com a Chapecoense, às 16h30 (de Brasília), o zagueiro Paulo Miranda segue como baixa, por conta de estiramento na coxa esquerda.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.