Osorio lamenta recaída de Luiz Eduardo em meio a outros problemas

O zagueiro Luiz Eduardo vivia a expectativa de reforçar o São Paulo no clássico contra o Santos, mas não deverá estar em campo nem na partida contra o Grêmio, na tarde de domingo, em Porto Alegre. Com muitos problemas para escalar a sua equipe, o técnico colombiano Juan Carlos Osorio relatou que o jogador voltou a sentir dores no joelho esquerdo.

“Infelizmente, o Luiz Eduardo teve uma recaída no treinamento. Não possuímos outro zagueiro para competir com o Lyanco e o Edson, então acho que será difícil usar um time diferente do de hoje”, lastimou Osorio, que considera Lyanco um defensor ainda inexperiente e pouco confia em Edson Silva.

Contra o Santos, gol de Ricardo Oliveira foi resultado de falha coletiva da defesa (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)
Contra o Santos, gol de Ricardo Oliveira foi resultado de falha coletiva da defesa (foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

Além de Luiz Eduardo, o São Paulo tem Rodrigo Caio (que falhou na derrota por 2 a 1 da Seleção Brasileira olímpica para a França sub-21 e será reintegrado), Lucão (com trauma no calcanhar direito) e Breno (com estiramento no músculo posterior da coxa esquerda) como alternativas a Lyanco e Edson Silva.

Como os problemas de desfalque se estendem a outros setores, Osorio não tem medido mais as palavras na hora de criticar publicamente a qualidade do que está à sua disposição. Contra o Santos, o time foi justamente criticado após sofrer três gols. “É ainda pior não conseguir completar mais de seis passes. Não podemos jogar dessa maneira. Ninguém jogou bem”, reclamou o treinador.

Para que a reação venha diante do Grêmio, portanto, Osorio pretende mexer na formação do São Paulo – mesmo sem contar com Luiz Eduardo. “Seguramente, outros poderão estar no início do jogo”, avisou o colombiano.

 

Fonte: Gazeta Esportiva

4 comentários em “Osorio lamenta recaída de Luiz Eduardo em meio a outros problemas

  1. Como esses caras que chegam, como é o caso do zagueirão canhoto, gostam de ficar no REFIS… massagem, lanchinho, bate-papo garantido, etc.. Perguntem ao Roger Chinelinho e ele vai confirmar o conforto proporcionado por um REFIS bem aparelhado…

  2. Temos um puta problema na lateral esquerda e não vejo o técnico fazer o empenho nescessário para resolver o problema. Na lateral direita temos vários jogadores que dão conta do recado, como o Hudson, T. Mendes, Bruno, Auro, não seria o caso de tentar um destes ai. Na pior das hipoteses convencer o Michel Bastos para atuar ali, não dá mais , a quantidade de pontos perdidos em jogadas por ali é um absurdo, se não me engano vai para três anos de sofrimento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*