Osorio bate recordes históricos sob o comando da seleção do México

Juan Carlos Osorio estreou no comando da seleção do México em novembro passado e já conseguiu bater um recorde histórico depois da quarta vitória à frente do time. Com o triunfo por 3 a 0 sobre o Canadá nas Eliminatórias da Concacaf, a equipe mexicana chegou à marca de quatro partidas sem sofrer gols — fato inédito até então.

O México ainda conseguiu, pela primeira vez, marcar mais de dois gols na seleção canadense fora de casa. Chicharito abriu o placar para os mexicanos, ainda no primeiro tempo. Lozano e Corona ampliaram o marcador.

A seleção de Osorio lidera o Grupo 4 das Eliminatórias, com nove pontos e 100% de aproveitamento. O time mexicano volta a enfrentar o Canadá nesta terça-feira — desta vez, o confronto será em casa.

Osorio, que deixou o São Paulo para assumir a seleção do México, fez sua estreia no comando do time mexicano na vitória por 3 a 0 sobre El Salvador. Depois, os mexicanos bateram Honduras por 2 a 0 e quebraram um jejum de 22 anos sem vitórias sobre o rival. Em 2016, o México venceu Senegal por 2 a 0 em umamistoso, além de derrotar o Canadá.

 

Fonte: Uol

 

Noa do PP: quero deixar explícito aqui que o grande e único responsável pela saída de Osorio do São Paulo foi Carlos Miguel Aidar, já que o técnico não admitia o vai e vem de empresários no CT da Barra Funda, nem engolia os jogadores que a máfia aidariana queria impor ao clube.

7 comentários em “Osorio bate recordes históricos sob o comando da seleção do México

  1. Esse Osorio sim foi uma pena ter ido embora, se tivesse no sao paulo ate hj tenho certeza que o time seria outro, mas infelizmente coisa da porcaria da diretoria que temos e esse o reflexo que passa para o time, diretoria porcaria time porcaria.

  2. kkkkkkkkk , Osório pior treinador do mundo kkkkkkkkk treinador que não sabe arma defesa kkkkkkkk, treinador maluco kkkkkkkk

    críticos do Osório vocês são uma piada

    pra sempre soberano

  3. Disseram que Osorio no México seria um fiasco e que iríamos ficar com cara de bosta ao ver o maravilhoso trabalho que Muricy faria no Flamengo esse ano, além de Bausa colocar o São Paulo nos trilhos. Ótima previsão.

  4. Bom técnico mas inventava demais, quando acertava o time, mudava de um jogo pra outro. Isso é legal na Europa e em seleções aonde tem elencos grandes e qualificados, no Brasil onde os clubes tem no máximo oito jogadores bons no elenco, isso não funciona, e ele não entendia isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*