Oposição quer Ceni em campo em 2014 e vê ídolo como deputado

Aos 40 anos, Rogério Ceni vai se aposentar no fim deste ano. Enquanto isso, nos bastidores, o São Paulo terá a maior disputa política da história recente. E uma das partes envolvidas no embate fora de campo não concorda com a aposentadoria do goleiro no fim do ano. Aliado de Kalil Rocha Abdalla na oposição, o ex-superintendente Marco Aurélio Cunha sonha com um novo projeto para o adeus do goleiro entre abril e maio de 2014, quando serão realizadas as eleições no clube.

“Creio que o Rogério vá fazer sua despedida no fim do ano, mas por mim jogaria o Paulista. Uma despedida mais suave, poderíamos fazer os jogos do interior lotando os estádios do Campeonato Paulista. Rogério poderia fazer sua despedida em cada lugar de São Paulo, em cada cidade, alternando com o Denis ou com quem for o reserva. Acho que poderia ser uma despedida em um momento mais alegre, em um momento menos solicitado do que o atual”, diz Cunha, que é amigo do goleiro e também pensa no que Ceni poderia fazer no São Paulo após a aposentadoria.
“Depois  gente pensaria no futuro do Rogério como alguma coisa ligada ao São Paulo. Dirigente, treinador, um executivo do futebol. Acho que ele tem o caminho para isso. Eu, por conhecê-lo sei, que ele parando dará um tempo na vida, para se desvincular do futebol. Passado esse período sabático, vai voltar, e espero que conosco”, acrescenta Cunha.
Na situação, Rogério Ceni tem projeto do presidente Juvenal Juvêncio para se formar como treinador no clube. O goleiro não quer fazer a transição direta do campo para a diretoria. Sonha em ser treinador e quer estudar para isso. A ideia do atual presidente é que o capitão assuma posição de auxiliar em 2014, com alternativa de trabalhar em Cotia, enquanto se prepara para, no futuro, comandar a equipe profissional.
Kalil Rocha Abdalla, novo candidato da oposição, pensa mais longe. O ex-diretor jurídico fala em ver Rogério Ceni como político, e sugere até um cargo como deputado para o goleiro.
“Vamos conversar com ele e vamos ver o que ele quer fazer. Gostaria de vê-lo como político, como um deputado. Acho que terá um eleitorado bastante grande, como teve o Marco Aurélio quando foi candidato a vereador”, avalia Abdalla.
Fonte: Uol

Um comentário em “Oposição quer Ceni em campo em 2014 e vê ídolo como deputado

  1. O meu voto é dele, pois os que estão em Brasilia( Doandon aff, Genoino (Gamba), Zé Dirceu(Gamba), João Paulo Cunha, Marco Feliciano e etc) e os estaduais, o Rogerio seria uma ótima escolha para tratar dos interesses do Tricolor na alesp (asembléia legislativa de São Paulo) ou em Brasilia. Mas tenho comigo que ele não aceitaria, motivo ele NÃO deve ter estomago para conviver com esse tipo de gente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.